Tudo o que você pode fazer com a pasta de castanha de caju

Muito conhecida na região nordeste do Brasil, a castanha de caju é um rico alimento que pode ser usado de muitas maneiras para a fabricação de produtos. O mais conhecido deles é a pasta de Castanha de Caju. Com textura consistente, a pasta é conhecida por ter um sabor fiel ao da semente e várias propriedades nutritivas, com diferentes benefícios para a saúde das pessoas.

Tudo o que você pode fazer com a pasta de castanha de caju

Entre as substâncias que fazem parte da composição da pasta estão: Vitamina B5 e Ácido Pantotênico (antiestresse), fibras (auxílio no funcionamento do intestino), Manganês e Cobre (fonte de energia), Selênio (antioxidante) e Zinco (regulação de atividades hormonais).

Tudo isso faz com que a pasta de Castanha de Caju funcione como um excelente ingrediente para variadas receitas. Com ela é possível fazer tortas, lanches, sobremesas e muito mais. Tudo com muitas propriedades nutritivas e benéficas para a saúde. Quer saber como preparar os alimentos? Confira aqui todas as receitas. 

Pasta de castanha de caju com baunilha

A pasta de castanha de caju vai muito bem com baunilha. Os dois sabores de alimentos diferentes se complementam e acabam formando uma ótima mistura para você passar no pão, na torrada ou usar como recheio para a tapioca.

Tudo o que você pode fazer com a pasta de castanha de caju

Ingredientes:

  • 500 gramas de castanha de caju assada sem sal;
  • 1 colher de chá de extrato de baunilha.

Modo de preparo: coloque toda a castanha de caju em um processador e bata até 15 minutos. Assim que a pasta já estiver mais homogênea, coloque o extrato de baunilha e bata por mais 2 minutinhos. Depois é só colocar em um recipiente e guardar na geladeira.

Pasta de castanha de caju com brownie

A combinação de castanha de caju e brownie é uma opção excelente para quem gosta de doces. A melhor parte é que é possível usar uma receita de brownie fit e aproveitar a deliciosa sobremesa sem sair da dieta.

Ingredientes:

  • 4 claras de ovo;
  • 3 gemas;
  • 10 colheres de sopa de farinha de avia sem glúten;
  • 2 colheres de sopa de cacau em pó sem açúcar;
  • 4 colheres de sopa de adoçante;
  • 200g de chocolate meio amargo sem açúcar;
  • 1 colher de chá de fermento em pó

Modo de preparo: comece derretendo o chocolate e o dividindo em duas partes. Depois, bata os ovos e o adoçante até virar creme. Depois, adicione o cacau e misture até se tornar uniforme. Em seguida, adicione metade do chocolate, farinha e fermento. Com a mistura pronta, cubra uma forma com papel manteiga e coloque a massa. No forno pré-aquecido (180°), deixe por 30 minutos.

Tudo o que você pode fazer com a pasta de castanha de caju

Pasta de castanha de caju com chocolate

Alguma vez você já pensou em fazer uma espécie de Nutella de pasta de caju? Isso mesmo, dá para fazer uma mistura bem gostosa com chocolate e pasta de caju parecendo bastante Nutella, mas claro, com propriedades muito mais nutritivas e sem a grande quantidade de açúcar. Dá para misturar esse alimento com pão, bolo, torradas, tortas e mais.

Ingredientes: 2 xíaras de castanha de caju crua, ¾ de xícara (chá) de leite de coco, 1 colher de sopa de cacau em pó, 3 colheres de sopa de mel (sem que tenha um sabor muito concentrado), 200 gramas de chocolate meio amargo, 1 pitada de sal.

Modo Preparo: o primeiro passo é deixar as castanhas de caju de melhor por umas 4 horas. Depois, retire-as da água e coloque num processador e bata até que elas fiquem mais homogêneas. Se preferir torrar as castanhas, use uma frigideira e dê uma tostada nelas por cerca de 10 minutos. É importante mexer sempre. Já em uma panela, misture o leite de coco, o cacau em pó, o mel e mexa em fogo baixo até que toda essa mistura comece a ferver. Depois, adicione o chocolate derretido na manteiga no processador que já está com as castanhas, bata umas duas vezes. Por último, coloque a mistura de mel, cacau e leite de coco e processo de novo. Quando tudo tiver uma consistência uniforme, basta guardar em um recipiente e colocar para gelar.

Tudo o que você pode fazer com a pasta de castanha de caju

Pasta de castanha de caju na NewNutrition

Quem procura mix de castanhas com garantia de qualidade vai pode encontrar o produto disponível na loja virtual da NewNutrition. A opção da loja é altamente recomendada para quem segue uma dieta fitness, já que ele é totalmente natural e sem a adição de açúcar e demais conservantes.

A pasta pode ser consumida todos os dias em lanches mais completos ou rápidos da manhã, da tarde ou da noite. A pasta é rica em energia, ou seja, é excelente para você comer com pão antes do trabalho ou na tapioca antes dos treinos da academia. O alimento vai ajudar a intensificar sua disposição para malhar e alcançar seus objetivos. A pasta de castanha de caju também não contém glúten e a embalagem com 400 gramas dura bastante tempo.

Para quem gostou da dica, a NewNutrition ainda tem muitos outros produtos naturais, destinados a todos que se preocupam com um estilo de vida mais saudável. Acesse e confira.

Veja também: 

Triptofano é o mais novo lançamento da NewNutrition

Sempre trazendo mais novidades para seus clientes, a NewNutrition apresentou, no último mês de julho, a sua versão em cápsula do triptofano, um aminoácido essencial para o organismo, mas que não é produzido naturalmente pelo nosso corpo, tendo que ser necessariamente ingerido. Seu funcionamento e valor nutritivo está comumente associado ao cérebro, onde é utilizado para criar a serotonina junto a outras vitaminas. Isso significa que o Triptofano auxilia nos processos do sono e também no humor das pessoas.

Assim como outros suplementos, há várias informações a respeito, que você precisa saber antes de consumir. Para ajudar nesta tarefa, listamos aqui algumas das principais informações sobre o triptofano.

O que é?

O Triptofano, chamado também de L triptofano, é um aminoácido extremamente importante ao organismo humano, uma vez que ele é responsável pelo crescimento comum e também pela síntese proteica, além disso, tem a função de regular vários mecanismos fisiológicos. É encontrado na corrente sanguínea ou em proteínas transportadoras. O triptofano é adquirido por meio de uma alimentação balanceada em proteínas animais e vegetais.

Para que serve?

O Triptofano, usado juntamente com algumas vitaminas, como, por exemplo, a B3 e também com o magnésio, age como um verdadeiro formador e condutor de serotonina. Como ela é um dos elementos importantes para o sono e também para o humor, sem uso se dá em diferentes ocasiões e necessidades (listadas abaixo).

Ainda assim, a quantidade de triptofano ingerida em alimentos não afeta diretamente a produção da serotonina no sistema nervoso. A quantidade de aminoácidos oriundas desses alimentos fazem com que o organismo tenha que selecionar a quantidades específicas de cada um deles, fazendo com que parte do triptofano não seja aproveitada.

Quais os benefícios?

  • Alívio ou solução absoluta dos sintomas da Tensão Pré-Menstrual (TPM), uma vez que a serotonina promove melhoras no bom humor.
  • Prevenção à depressão, pois a serotonina também evita o mau funcionamento de demais hormônios e ligações no cérebro.
  • Controle de peso, já que o aumento do nível de serotonina, por meio do Triptofano, libera sensações de conforto e saciedade em relação aos alimentos. O emagrecimento também pode se tornar mais fácil com essa substância em questão.
  • Distúrbios alimentares, a sensação de saciedade também está diretamente ligada à prevenção de distúrbios da alimentação.
  • Insônia, a serotonina também funciona como uma verdadeira indutora do sono de modo natural.

Para a ação dos benefícios citados anteriormente, o Triptofano precisa estar em fusão com a serotonina (comunicação entre as células nervosas), assim como a melatonina, outra substância dependente do Triptofano.

Mas vale lembrar que a melatonina é produzida somente à noite e em ambientes com pouca ou nenhuma luz, além de exigir pouco barulho e temperatura confortável para o corpo humano. O que acontece é que nem todos os indivíduos apresentam essas perfeitas condições para a ação adequada do triptofano – aliás, algumas pesquisas mostram quantidades muito baixas de triptofano, serotonina e melanina no organismo.

As baixas concentrações dessas substâncias, sobretudo, da serotonina podem causar muitos outros problemas para homens e mulheres, como: ansiedade, sonolência diurna, vontade descontrolada de comer doces, irritabilidade, entre outros. Por isso, a ingestão do suplemento de Triptofano da NewNutrition é muito indicada para diferentes públicos.

Existem possíveis contraindicações?

Sim. Mulheres gestantes ou lactantes devem consultar um médico para saber se é possível consumir o Triptofano sem estar vulnerável a riscos para a própria saúde ou para o estado do bebê. Além disso, quem faz uso de remédios antidepressivos, ou possui problemas psicológicos, também deve questionar o seu médico sobre essa substância em pauta.

Em quais alimentos o triptofano é encontrado?

Queijos, chocolates, amendoins, castanha de caju, ovos, peixe, soja, carne de frango, leites e vários outros alimentos têm ricas quantidades de Triptofano.

Como consumir? 

O suplemento de triptofano é fabricado em formato de cápsulas. O modo correto de ingestão é de uma cápsula por dia antes de dormir.

Qual o modo de conservação? 

É preciso conservar o produto em local arejado, fora do calor e da umidade. Depois de aberto, o correto é consumir todo o produto em até 120 dias.

Composição do Triptofano

Os ingredientes são: L-Triptofano, antiumectantes carbonato de cálcio e dióxido de silício. Composição da Cápsula: gelatina, glicerina (umectante), água, dióxido de titânio e laca azul. Não contém glúten.

O Triptofano da NewNutrition está disponível em duas opções de frascos com 60 ou 120 porções de 500 mg cada.

 

Outras dicas

Antes de começar a ingerir qualquer suplemento e de adotar um novo estilo de vida, é recomendável consultar um médico e/ou um nutricionista. Somente esses profissionais são capazes de te indicar uma alimentação balanceada a o consumo de produtos específicos. Vale sempre lembrar também que as atividades físicas são excelentes para proporcionar mais saúde e condicionamento físico a homens e mulheres, mas também é importante verificar suas condições físicas atuais com um médico.

Agora que você já sabe tudo sobre Triptofano, não perca mais tempo e confira loja virtual da NewNutrition. Há ainda muitos outros produtos que podem ser ideais às suas necessidades e preferências.

Veja também: 

Chips de batata doce é (a melhor) opção de snack saudável

Neste último mês de julho, a NewNutrition trouxe mais uma novidade que vai agradar tanto os praticantes de esporte, quanto aqueles que buscam uma alimentação saudável leve e equilibrada. Em seu portfólio de produtos da loja online, a empresa adicionou a Chips de batata doce. Trata-se de um pacote contendo 30 gramas de chips de batata doce liofilizada, sem qualquer adição de gordura, açúcar e aditivos artificiais.

O Chip de batata doce da NewNutrition é 100% natural e feito apenas com ingredientes rigorosamente selecionados, sendo eles batata doce rosada e sal. A porção presente na embalagem é rica em carboidratos e fibra alimentar, sendo uma excelente opção para quem procura um snack saudável para comer a qualquer hora do dia.

Benefícios da batata doce

A batata doce é altamente apreciada pelos praticantes de exercícios e adeptos de uma alimentação saudável e balanceada. Isso porque essa planta é uma rica fonte em carboidrato complexo (que são digeridos lentamente pelo organismo e resultam em um pequeno e gradual aumento de glicemia). Trocando em miúdos, é o típico alimento que dá aquela sensação de saciado por muito mais tempo.

Chips de batata doce é (a melhor) opção de snack saudável

Como isso não fosse o bastante, a digestão lenta significa um fornecimento constante de energia, trabalhando na conversão de açúcares que são convertidos em gordura. A batata doce ainda é rica em vitaminas, minerais e fibras.

Quando o assunto é falar de treinos e prática de exercício, alguns estudos apontam que a batata doce ainda possui alguns benefícios particulares, como por exemplo a contribuição para o aumento da massa muscular devido ao seu fornecimento de energia para a realização do treino. Em conjunto com outros benefícios, faz da planta uma excelente opção. Entre esses outros benefícios estão:

  • Benefício e fortalecimento do sistema imunológico graças à presença de vitamina A;
  • Auxílio no funcionamento do intestino, melhorando suas funções por a batata doce ser rica em fibras;
  • Com seu baixo índice glicêmico, a batata doce também ajuda a controlar a diabetes;
  • Apesar de ser um assunto controversa, é possível afirmar que a batata doce beneficia quem busca perder peso, já que o alimento ajuda a diminuir o apetite por manter a sensação de saciedade por muito mais tempo.

Quando consumir os chips de batata doce

A melhor parte dos chips de batata doce é, claro, o seu consumo. Não apenas porque os chips são 100% naturais e mantêm o sabor do alimento, mas porque eles são altamente práticos e podem ser consumidor a praticamente qualquer hora. Sabe aquela hora da pausa no serviço, mas que deve ser rápida porque há uma reunião em menos de cinco minutos?

Ou ainda, você precisa de um snacks rápido para comer enquanto atravessa a cidade no banco de um táxi. Quem sabe, então, ficou preso no trânsito e está chegando a hora de ingerir algo. Todas essas situações são comuns do dia a dia e, unindo a praticidade com a situação, é comum as pessoas apelarem para um snack qualquer, porém, geralmente mais calórico. Na contramão disso, os chips de batata doce salvam a vida.

Além de toda essa lista de benefícios, a embalagem de 30 gramas do Chips de Batata Doce da NewNutrition já vem com a porção certa para você “beliscar” algo, tanto na hora da necessidade, como numa pausa programada, garantindo que sua alimentação balanceada ou sua dieta regrada se mantenha em dia.

Chips de batata doce e o processo de liofilização

Para que o chip de batata doce da NewNutrition se tornasse uma opção e snack pronto para qualquer hora do dia e ao mesmo tempo se mantendo 100% natural e sem qualquer contraindicação, a marca optou por utilizar o processo de liofilização na batata doce, resultado no produto acessível, prático e saudável.

Para quem não conhece, o processo de liofilização consiste em uma técnica de secagem do alimento utilizando baixa temperatura e pressão. Isso faz com que o alimento fique congelado e logo na sequência inserido em uma câmera isolada, com o intuito de fazer o alimento passar por um processo de lento de remoção do oxigênio do local.

Todas essas etapas resultam na sublimação da água presente no alimento, fazendo com que a água congelada (do alimento) se torne vaporosa e a batata doce fique sequinha sem perder seu sabor e propriedades.

Apesar de parecer semelhante, este processo se difere daqueles utilizadas em frutas desidratadas, já que no processo de desidratação, ainda que a premissa seja a mesma, a de eliminar a água do alimento, o processo utiliza do aumento de temperatura para tal.

Agora, imagine todos esses benefícios disponíveis através de um prático sachê de 30 gramas em formato de snacks, que você pode abrir e comê-los a qualquer hora do dia, em qualquer lugar. Está explicado porque esta é uma das melhores novidades da loja no mês de julho.

Veja também: 

Tudo sobre o pós-treino

Você já conferiu aqui no blog tudo o que é necessário saber acerca do pré-treino. Agora, complementando essas informações, é hora de saber todos os detalhes acerca do pós-treino. O que é, como funciona, como se alimentar com relação a isso e quais os principais suplementos que vão te ajudar no seu objetivo.

Primeiro de tudo, é importante saber que o pós-treino vai além da alimentação e é preciso se atentar a diferentes detalhes para obter o melhor aproveitamento do seu treino.

O que é o pós-treino?

O pós-treino é o período que se inicia logo após o encerramento do seu treino e pode ser considerado como duradoura até a plena recuperação do organismo. Apesar desta plena recuperação parecer vaga, há alguns indícios que podem ajudar a saber se o seu pós-treino está sendo bem aproveitado.

Garw

Entre os elementos que se deve atentar no pós-treino é a recuperação do organismo, garantindo que os exercícios praticados realmente tenham sucesso. Outro aspecto é a condição do seu corpo, livre de quaisquer lesões e dores; hidratação e, a mais comumente difundida, a alimentação.

A importância do pós-treino

Muitos especialistas afirmam que os benefícios do exercício não estão ligados diretamente à prática, mas, sim, à recuperação. E nesta fase que o organismo começa a colher os “frutos”, fazendo com que os exercícios tenham cumprido com o objetivo.

kjh

Por isso, o principal termo relacionado ao pós-treino é a recuperação. Seja qual for o objetivo que você tenha ao se exercitar (hipertrofia muscular ou emagrecimento), este período é composto por diferentes etapas e consiste em práticas que você deve incorporar na rotina para alcançar os resultados.

Antes de conhecer essas etapas ou tipos de pós-treino, é importante saber como funciona o organismo, de um modo bem simples: ao se exercitar, o corpo gasta energia e também sofre algumas lesões na musculatura. Claro que essas condições são ofensoras e, logo após o treino, ambas precisam ser sanadas para que o organismo tenha ganhos.

odkoas

E nesta fase que entram dois processos diferentes na recuperação dos músculos. O primeiro é a reposição dessa energia gasta, feita através da ingestão de compostos, como o carboidrato. O segundo momento é da regeneração dos músculos, se recuperando das lesões causadas no treino.

E é neste momento que entram em ação os tipos diferentes de pós-treino, cada qual para acelerar ou potencializar esses dois processos de recuperação.

Tipos de pós-treino

A boa notícia é que há diferentes práticas que visam melhorar a recuperação e você escolher quais delas mais se encaixam na sua rotina. Entretanto, é claro que algumas delas são mais funcionais que outras.

Carboidratos

Quando se trata de recuperação de energia, a mais difundida é a ingestão de carboidratos. Isso é feito, claro, com uma alimentação regrada e, de modo mais controlado e aproveitado pelo corpo, com suplementos voltados para o pós-treino.

BAMO

 

A maior atenção nesses casos, no entanto, é saber dosar a quantidade de reposição dessas energias. O ideal é prestar atenção ao que foi ingerido no pré-treino, e sabendo exatamente o que foi gasto durante a atividade, para que a reposição seja adequada, exemplo: se o objetivo é emagrecer, o certo é repor sempre menos do que se perdeu, dando preferência a proteínas magras. Agora, se o objetivo é ganhar massa, basta repor as energias consumindo carboidratos e proteínas.

Hidratação

Um dos mais óbvio, porém, às vezes ignorado pelos praticantes. Beber água é essencial para que o organismo elimine as toxinas do organismo e garanta que o corpo não sofra de desidratação. Se feito corretamente, a água ainda ajuda para que o corpo não sofra de dores musculares.

AUA

Descanso

Depois de sofrer as exigências, os músculos precisam de descanso. Esse descanso, no entanto, pode (e deve) ser feito de diferentes maneiras. Um deles é o verdadeiro repouso merecido. Dormir oito horas por noite, por exemplo, é uma prática extremamente benéfica para o organismo, já que o corpo, quando em repouso, gasta muito menos energia e consegue recuperar os músculos mais rápido.

Dscam

Além disso, voltar a exercitar os mesmos músculos só deve ser feito depois de 48 horas. Este é o tempo para que a musculatura possa se regenerar e então se submeter a novos esforços. Exercitar os mesmos músculos nesse intervalo causará apenas a interrupção no processo de recuperação e ainda pode resultar em uma lesão muscular.

Exercícios leves

Neste intervalo de descanso do músculo, uma prática muito bem-vista é a prática de exercícios leves. Caminhada é uma das mais recomendadas, tanto pela sua facilidade na execução, quanto no seu bom resultado. Ela ajuda a relaxar o músculo e evita que surjam dores nessas localidades.

Camoimha

Sugestões de alimentação para o pós-treino

A alimentação no pós-treino é um dos principais pontos da recuperação. Há diferentes alimentos que podem ser consumidos e, estando de acordo com sua dieta, e feitos na porção adequada, trarão ótimos resultados após os exercícios.

Alguns alimentos podem ser indicados por motivos específicos como, carne, ovos e laticínios como fonte de proteína; frutas como banana e melão para alimentos ricos em potássio. Alimentos ricos em ômega 3 e também alimentos antioxidantes, como as frutas vermelhas.

TOXDAN

Mas, lembre-se, no pós-treino, não é indicado ‘sair comendo de tudo’ apenas porque acabou de gastar energia. O ideal é saber exatamente quanto se deve comer, de acordo com seu objetivo: repor as energias para quem ganhar massa, e repor sempre menos do que se perdeu, para quem busca o emagrecimento.

Sugestões de suplementos pós-treino

gfGEUHá vários suplementos que fazem parte da rotina pós-treino, no intuito de acelerar a recuperação da energia gasta no treino. O mais difundido, no entanto, é o Whey Protein, que pode ser utilizado tanto para quem deseja emagrecer, quanto para os que buscam a hipertrofia muscular.

O Whey Protein é bastante utilizado pois auxilia no ganho de massa e também beneficia quem quer emagrecer por não descartar a massa magra do organismo. Por produzido a partir do soro do leite, é um suplemento de alto valor biológico e sua absorção pelo corpo é feito de modo natural.

No mercado, há pelo menos três tipos de Whey Protein (Concentrado, Isolado e Hidrolisado). A NewNutrition ainda possui um Whey Protein 100% Natural com fórmula exclusiva e adoçado com Stevia. É o único produto 100% natural disponível no mercado.

Veja também: 

Receitas de brigadeiro light com Whey Protein

Todos sabem que o brigadeiro é um doce tipicamente brasileiro. Apesar de ser um dos doces mais consumidos em todo o Brasil, não é bem visto por quem segue uma linha mais saudável ou faz dieta.

A receita tradicional do brigadeiro contém leite condensado, margarina e achocolatado, tornando- se bastante calórica. Por isso, algumas receitas foram adaptadas visando oferecer uma versão de brigadeiro mais saudável. Acompanhe, então, as receitas de brigadeiro fit com whey protein, que além de possuírem baixas calorias, são saudáveis e ricos em nutrientes e proteínas.
Caso queira, você pode substituir o whey protein por cacau em pó, mas ele deixará de ser tão proteico quanto a receita original.

1. Receita de brigadeiro fit de chocolate

Ingredientes

Modo de preparo

Em uma panela, coloque todos os ingredientes. Leve ao fogo e mexa sempre. Quando começar a ferver, abaixe o fogo para não queimar e continue mexendo. Em média, fica de 20 a 3 minutos no fogo até formar a consistência de brigadeiro. Quando começar a soltar do fundo da panela, desligue o fogo e deixe esfriar. Faça as bolinhas e passe no whey protein.

Calorias por porção de 15g: 19 calorias

2. Receita de brigadeiro fit com farelo de aveia

Ingredientes

  • 2 xícaras de chá de leite semidesnatado
  • 2 colheres de sopa de açúcar orgânico
  • 1 colher de sopa de manteiga sem sal
  • 2 colheres de sopa de farelo de aveia
  • 2 scoops de whey protein de chocolate da New Nutrition

Modo de preparo

Em uma panela, coloque o leite. Leve ao fogo e deixe ferver. Adicione a manteiga e mexa. Coloque o açúcar, o farelo de aveia e o whey protein. Abaixe o fogo e continue mexendo. Deixe formar a consistência de brigadeiro e desligue o fogo. Deixe esfriar, faça as bolinhas e passe no farelo de aveia ou em um pouco de whey protein de chocolate.

Calorias por porção de 15g: 20 calorias

Veja também: Whey Protein – Diferentes tipos, qual escolher e como tomar

3. Receita de brigadeiro fit com batata doce

Ingredientes

  • 1 batata doce média cozida
  • 1 colher de sopa de manteiga sem sal
  • 2 colheres de sopa de açúcar orgânico ou açúcar de coco
  • 2 scoops de whey protein de chocolate da New Nutrition

Calorias por porção de 15g: 35 calorias

Modo de preparo

Descasque e amasse a batata doce e esprema ou amasse ela. Coloque em um recipiente juntamente com os demais ingredientes. Misture tudo e coloque em uma panela. Leve ao fogo e mexa sempre até a mistura ficar homogênea. Retire do fogo e deixe esfriar um pouco. Leve à geladeira e deixe de 30 minutos a 1 hora. Retire da geladeira e modele as bolinhas.

4. Receita de brigadeiro fit com whey protein

Ingredientes

  • 1 scoop de whey protein de chocolate da New Nutrition
  • 1 banana prata
  • 1 colher de sopa de castanha do Pará ou nozes picadas

Modo de preparo

Amasse a banana com a ajuda de um garfo. Coloque-a em um recipiente e acrescente os demais ingredientes e misture tudo. Caso ache necessário, coloque um pouquinho de água apenas para dar mais liga. Unte as mãos com manteiga e faça as bolinhas do brigadeiro e conserve na geladeira.

Calorias por porção de 15g: 44 calorias

5. Receita de brigadeiro fitcom coco

Ingredientes

  • 2 xícaras de chá de leite desnatado
  • 2 colheres de açúcar orgânico ou de coco
  • 1 colher de sopa de manteiga sem sal
  • 2 colheres de sopa de coco ralado fresco

Modo de preparo

Em uma panela, coloque o leite e a manteiga. Leve ao fogo e mexa até a manteiga derreter. Acrescente o açúcar e o coco ralado e mexa sempre. Quando a massa estiver soltando da panela, desligue o fogo e deixe esfriar. Modele as bolinhas e passe no coco ralado.

Calorias por porção de 15g: 21 calorias

Veja também: Os principais benefícios do suplemento Whey Protein

6. Receita de brigadeiro fit de limão

Ingredientes

  • 2 xícaras de chá de leite desnatado
  • 2 colheres de sopa de açúcar orgânico
  • 1 colher de sopa de manteiga sem sal
  • 1 colher de sopa de raspas de limão

Modo de preparo

Em uma panela, coloque o leite e manteiga. Leve ao fogo e mexa até a manteiga derreter. Acrescente o açúcar e as raspas de limão e mexa sempre até a massa soltar do fundo da panela. Deixe esfriar e modele as bolinhas.

Calorias por porção de 15g: 19 calorias