Você tem problemas para Perder Peso? Saiba como Emagrecer!

Você tem problemas para perder peso? Ou você gostaria de perder mais rápido? Então está no lugar certo. Prepare-se para perda de peso sem fome.

 

A verdade é que as ideias tradicionais como “comer menos”, “treinar mais”  não funcionam sem uma estratégia. Contar calorias, exercitar por horas todos os dias e tentando ignorar sua fome? Isso é sofrimento desnecessário e desperdiça seu tempo e acabar com toda sua força de vontade. É perda de peso para masoquistas! Eventualmente quase todo mundo desiste dos seus objetivos por um plano frustrado de alimentação e treino. É por isso que temos uma epidemia de obesidade no mundo. Felizmente, há um jeito melhor:

 

Seu peso é regulado hormonalmente. Se você reduzir os níveis do hormônio insulina (responsável pelo armazenamento de gordura), será mais fácil perder o excesso de peso.

perda de peso

10 dicas para Perda de Peso

Você está pronto? Aqui vamos nós. Comece no topo da lista (mais importante) e desça o quanto você quiser. Esperamos que desde o primeiro conselho valha a pena!

 

  1. Busque um nutricionista
  2. Alinhe seu objetivo com um educador físico
  3. Compre um relógio que marque suas atividades, custa em média R$150,00
  4. Caminhe ao menos 30 minutos por dia
  5. Durma mais e melhor, desligue as luzes e aparelhos da tomada, em média 7-8h por noite.
  6. Não faça dietas mirabolantes da internet
  7. Escolha uma atividade física que você goste de fazer (De verdade rs)
  8. Encontre amigos de treino que te apoiam e te motivam a continuar
  9. Se afaste temporariamente de quem te atrapalha no seu objetivo, até você ter o controle

 

  1. Dica valiosa: Crie uma lista com cartolina ou em um caderno mesmo, se você for mais moderninho(a) existem aplicativos e notas no celular que te ajudam anotar! Coloque os dias do mês 30 dias e anote todos os dias que você conseguiu se alimentar adequadamente, fazer atividade física e dormir no horário. Ao final de 30 dias faça uma avaliação de quantos dias você teve sucesso e quantos dias você se perdeu na rotina, e não se desespere com o resultado inicial a ideia é melhorar mês a mês! Depois desta dica rápida, vamos falar sobre como perder peso?

Veja Os 7 melhores suplementos para emagrecer!

 

Dieta Low carb

Dieta Low Carb funciona de verdade?

Se você quer perder peso, você deve começar evitando o açúcar e os carboidratos (como pão, macarrão e batatas). Esta é uma ideia antiga: há 150 anos ou mais, tem havido um grande número de dietas para perda de peso com base na ingestão de menos carboidratos. O que há de novo é que dezenas de estudos científicos modernos provaram que, sim, o low carb é uma maneira eficaz de perder peso.

 

Obviamente, ainda é possível perder peso em qualquer dieta, basta comer menos calorias do que você queima, certo? O problema com este conselho simples é que ele ignora o elefante na sala: Fome. A maioria das pessoas não gosta de “comer menos“, ou seja, ficar com fome para sempre. Isso é dieta para masoquistas. Mais cedo ou mais tarde, uma pessoa normal vai desistir e comer, daí a prevalência da “dieta yo-yo” vai e volta.

 

O que escolher no mercado? Seu check-list saudável e completo!

 

Alimentos gordura boa

Quais sãos os benefícios da dieta de baixo carboidrato para a perda de peso?

A principal vantagem da dieta baixa em carboidratos é que ela faz com que você queira comer menos. Mesmo sem contar as calorias, a maioria das pessoas com excesso de peso ingerem muito menos calorias em carboidratos baixos. Açúcar e amido podem aumentar sua fome, enquanto evitando-os pode diminuir seu apetite para um nível adequado. Se o seu corpo deseja ter um número adequado de calorias, você não precisa se preocupar em contá-las. Assim: as calorias são contabilizadas, mas você não precisa contabilizá-las.

 

Um estudo de 2012 também mostrou que pessoas com uma dieta baixa em carboidratos queimaram mais 300 calorias por dia – enquanto descansavam! De acordo com um dos professores de Harvard por trás do estudo, essa vantagem “seria igual ao número de calorias normalmente queimadas em uma hora de atividade física de intensidade moderada”. Imagine isso: uma hora inteira de bônus de exercício todos os dias, sem realmente se exercitar. Um estudo posterior, ainda maior e com mais cuidado, confirmou o efeito, com diferentes grupos de pessoas com dietas baixas em carboidratos queimando uma média entre 200 e quase 500 calorias extras por dia.

 

Essa dieta é a ‘’Low carb’’ e não zero carboidrato, os carboidratos são essenciais para o funcionamento do nosso organismo e ajudam no funcionamento cerebral inclusive, com isso uma alimentação sem carboidratos não faz sentido algum. Agora reduzir o consumo exagerado é uma ideia inteligente!

Compre agora suplementos ideais para Dieta Lowcarb…

alimentos ricos em proteinas

Coma quando estiver com fome esse é o segredo!

Não tenha fome. O erro mais comum ao iniciar uma dieta baixa em carboidratos: Reduzir a ingestão de carboidratos enquanto ainda tem medo de gordura. Carboidratos e gordura são as duas principais fontes de energia do corpo e precisam de pelo menos um deles.

Baixo teor de carboidratos e baixo teor de gordura = fome

Evitar carboidratos e gorduras resulta em fome, desejos e fadiga. Mais cedo ou mais tarde, as pessoas não aguentam e desistem. A solução é comer mais gordura natural até que você se sinta satisfeito. Por exemplo:

 

Manteiga

Azeite

Pasta de amendoim

Mix de oleaginosas

Bacon

Ovos

Abacate

 

Sempre coma o suficiente

Para que você se sinta satisfeito, especialmente no início do processo de perda de peso. Fazendo isso em uma dieta baixa em carboidratos significa que a gordura que você come será queimada como combustível pelo seu corpo, como seus níveis de insulina de armazenamento de gordura hormônio serão reduzidos, você vai se tornar uma máquina de queima de gordura, e perderá o excesso de peso sem fome.

 

Você ainda tem medo de gordura saturada?

O medo da gordura saturada é baseado em teorias obsoletas que foram provadas incorretas pela ciência moderna. A manteiga é uma boa comida. No entanto, sinta-se livre para comer principalmente gorduras insaturadas (por exemplo, azeite, abacate, peixe), se preferir. Isso poderia ser chamado de uma dieta mediterrânea de baixo carboidrato e funciona muito bem também.

Comer quando está com fome também implica outra coisa: se você não está com fome, provavelmente ainda não precisa comer. Quando em uma dieta keto você pode confiar em seus sentimentos de fome e saciedade novamente. Sinta-se à vontade para comer quantas vezes por dia que funcione melhor para você.

Algumas pessoas comem três vezes ao dia e, ocasionalmente, fazem um lanche entre elas (note que lanches freqüentes podem significar que você se beneficiaria da adição de gordura às refeições, para aumentar a saciedade). Algumas pessoas só comem uma ou duas vezes por dia e nunca lancham. Tudo o que funciona para você. Apenas coma quando estiver com fome, não mude seus hábitos de uma vez, isso pode detonar sua motivação. Leve mais tempo nessa mudança de hábito, isso vai ser positivo para o seu corpo se adaptar.

 

Coma comida de verdade e emagreça!

Outro erro comum ao comer uma dieta baixa em carboidratos é ser enganado pelo marketing criativo de produtos especiais de “baixo teor de carboidratos”.

Lembre-se: Uma dieta baixa em carboidratos eficaz para perda de peso deve ser baseada em comida real.

Comida de verdade é o que os humanos têm comido por milhares ou ainda melhor, milhões de anos, por ex. carne, peixe, legumes, ovos, manteiga, azeite, nozes etc.

Uma dica de lanche saudável é o Mix de castanhas e frutas secas 😉

Se você quer perder peso, é melhor evitar produtos especiais com ‘’baixo’’ teor de carboidratos, sendo cheios de carboidratos. Isso deve ser óbvio, mas os profissionais de marketing criativos estão fazendo tudo o que podem para te convencer. Eles vão lhe dizer que pode comer biscoitos, massas, sorvetes, pão e muito chocolate em uma dieta baixa em carboidratos, contanto que você compre sua marca. Eles estão cheios de carboidratos. Não se deixe levar, você pode sim vez ou outra adquirir esses alimentos, mas evite.

O chocolate com baixo teor de carboidratos é geralmente cheio de álcoois de açúcar, que o fabricante não conta como carboidratos. Mas aproximadamente metade desses carboidratos podem ser absorvidos, aumentando o açúcar no sangue e a insulina. Os carboidratos restantes acabam no cólon, potencialmente causando gases e diarréia.

 

Aqui estão três exemplos do que evitar na dieta:

Bolinhos industrializados e de padaria

Pão com pouco carboidrato

A fraude de massas  (que finalmente resultou em uma multa de 8 milhões de dólares para algumas empresas.)

Existem milhares de empresas semelhantes tentando convencê-lo a comprar sua junk food “baixa em carboidratos”, cheia de amido, açúcar-álcool, farinha de trigo, adoçantes e aditivos estranhos. Duas regras simples para evitar esse isso:

Não coma versões com baixo teor de carboidratos de alimentos ricos em carboidratos, como biscoitos, barras, chocolate, pão, massas e sorvetes, a menos que você tenha certeza dos ingredientes.

Concentre-se em comer alimentos de boa qualidade e minimamente processados. O ideal é que a comida que você compre não tenha sequer uma lista de ingredientes (ou deve ser muito curta).

 

Suplementos alimentares

Menos moderação na alimentação e mais qualidade

Finalmente, esqueça o fracassado lema da dieta “Fecha a boca” de parentes sem noção.

Coma o máximo de comida saudável, sempre que estiver com fome, coma menos lixo que puder. Nada retarda a perda de peso mais do que comer mais comida de que não precisa.

Esta procurando por alimentos saudáveis? Clique aqui e aceite uma sugestão!

 

Limite os lanches desnecessários

Lanche desnecessário pode ser um problema em uma dieta também. Algumas coisas são fáceis de comer só porque são saborosas e prontamente disponíveis. Aqui estão três armadilhas comuns a serem observadas em uma dieta com ou sem carboidratos:

Produtos lácteos, como natas e queijos. Eles funcionam bem na culinária enquanto satisfazem. O problema é se você está mastigando muito queijo na frente da TV à noite … sem estar com fome. Tenha cuidado com isso. Ou muito sobremesa, quando você já está cheio e continua comendo porque tem um gosto bom. Ou outro culpado comum: muito açúcar no café, muitas vezes por dia.

 

Para emagrecer é necessário comer de 3 em 3 horas?

Você tem que tomar café da manhã? Não, claro que não. Não coma se não estiver com fome. E isso vale para qualquer refeição.

Em uma dieta restrita, a fome e o desejo de comer tendem a diminuir muito, especialmente se você tem excesso de peso a perder. Seu corpo pode estar feliz queimando suas reservas de gordura, reduzindo a necessidade de comer.

Se isso acontecer, seja feliz! Não lute contra isso comendo comida que você não quer. Em vez disso, espere a fome voltar antes de comer novamente.

Algumas pessoas temem perder o controle se não comerem a cada três horas, fazendo com que elas comam milhares de calorias e acabam com suas dietas completamente. Então eles obsessivamente lancham o tempo todo.

Uma dúvida comum de quem lê este conteúdo é: Quantas vezes devo treinar na semana para ganhar massa muscular?

Conclusão sobre a perda de peso

Comer comida saudável é o caminho, as possíveis causas de uma dieta fracassada é tentar imitar ou seguir modinhas que estão na internet ou em revistas. A redução do carboidrato vai ajudar no apetite exagerado e reduzir o peso corporal de forma saudável, ou até a ganhar massa muscular, gerando uma aparência de definição até maior.

É importante:

Fazer exercícios físicos regularmente

Em caso de problema de saúde buscar a orientação de um médico.

 

Esperamos que essas dicas possam te ajudar na perda de peso, e que você se lembre deste conteúdo ao longo do dia, essas dicas possam te guiar para mais perto do seu objetivo.

Gostou? Avalie e comente, amamos sugestões! ❤❤

Dieta Low carb – O que é, para que serve e como fazer

Low Carb

A dieta low carb é sem dúvidas a mais conhecida quando o assunto é emagrecimento, desenvolvida nos anos 60 pelo cardiologista Robert Atkins. A alimentação então consiste em baixo teor de carboidratos, compensando com altas quantidades de proteína, gordura e vegetais. Há muitos tipos de Low carb, e alguns estudos mostram sua efetividade na perda de peso e melhora da saúde. Detalharemos agora tudo sobre esse estilo de vida, o que evitar ou o que incluir.

Gordura boa óleo de coco

O que é Dieta Low carb?

A alimentação consiste em baixo teor em carboidratos, moderado em proteínas e gorduras, evitando produtos industrializados e alimentos com açúcar.

 

Para que serve low carb?

Mudança no estilo de vida, alimentação mais saudável refletindo no emagrecimento.

 

Como fazer uma dieta low carb?

Evite ao máximo o consumo de industrializados, inclua carnes, ovos, vegetais, frutas, castanhas,sementes, queijos e gorduras. Veja alguns exemplos de alimentos permitidos:

 

  • Carne: Bovina, cordeiro, porco, frango e outras.
  • Peixe: Salmão, truta e muitos outros.
  • Ovos: A melhor escolha é a versão caipira, sendo mais natural.
  • Vegetais: Espinafre, brócolis, couve-flor, cenoura e outros.
  • Frutas: Maçã, laranja, pera, frutas vermelhas, abacate.
  • Castanhas e sementes: Amêndoa, nozes, semente de girassol e etc.
  • Gorduras: Queijo, manteiga, iogurte, pasta de amendoim.
  • Óleos:, Azeite de oliva, óleo de abacate, óleo de linhaça, óleo de coco.
  • Tubérculos: Batata, batata doce, mandioca e alguns outros.
  • Grãos: Arroz integral, Aveia, alimentos ricos em fibras.
  • Legumes: Lentilha, feijão,

É possível incluir com moderação alguns alimentos, tais como:

  • Chocolate amargo: Pelo menos 70% de cacau.
  • Vinho: Escolha a versão seca.  
    Estes alimentos providenciam boas quantidades de antioxidantes.
  • Café

Alimentos para evitar:

Açúcar: Refrigerantes, sucos industrializados, doces, sorvete e outros produtos com açúcar.
Refinados: Trigo, Arroz branco, gorduras vegetais e hidrogenadas.
Alimentos reduzidos em gordura: Muitos destes produtos contêm teor de gordura reduzidos, porém possuem açúcar.
Alimentos processados: Sabe aqueles produtos lotados de conservantes? Como por exemplo, salgadinhos, congelados etc.
Deve ser livre de gorduras trans.

É importante que no momento da escolha do alimento, sempre leia bem a embalagem e veja os ingredientes e sua tabela nutricional. Muitos se dizem integrais, quando na verdade não são.

Benefícios do Low carb

Para deixar ainda mais claro sobre low carb e seus benefícios, vamos a alguns estudos que comprovam sua eficácia.

Emagrecimento:

Detalhes: 46 indivíduos foram randomizados a low-carb ou a low-fat por 36 semanas. O grupo low-fat foi restrito em calorias

Perda de peso: grupo low-carb perdeu mais peso que o grupo low-fat.

Conclusão: O grupo low-carb tiveram grandes reduções no BMI.

Krebs NF, et al. Efficacy and safety of a high protein, low carbohydrate diet for weight loss in severely obese adolescents. Journal of Pediatrics, 2010.

Detalhes: 13 diabéticos e 13 não diabéticos foram randomizados a dieta low-carb diet ou a alimentação saudável que foi seguido pelas recomendações da Diabetes UK (restrição calórica, baixa em gordura). O estudo foi por 3 meses.

Perda de peso: O grupo low-carb perdeu 6,9 kg comparado ao grupo com dieta de baixa gordura.

 

Conclusão: O grupo low-carb perdeu mais peso (3x a mais). Não houve diferença em nenhum outro marcador entre os grupos.

Dyson PA, et al. A low-carbohydrate diet is more effective in reducing body weight than healthy eating in both diabetic and non-diabetic subjects. Diabetic Medicine, 2007.

Pressão sanguínea:

Quando aferida, pressão sanguínea diminuiu em dietas low carb e low fat.  

 

Diminuição do apetite

Detalhes: 119 indivíduos sobrepeso foram randomizados a dietas low-carb, ketogenic ou a restrição calórica, com baixa ingestão de gordura por 6 meses.

Perda de peso: O grupo low-carb perdeu 12.9 kg, enquanto o grupo com baixa ingestão calórica perdeu apenas 6.7 kg.

Conclusão: O grupo low-carb perdeu quase 2x o peso e notaram menos fome.

McClernon FJ, et al. The effects of a low-carbohydrate ketogenic diet and a low-fat diet on mood, hunger, and other self-reported symptoms. Obesity (Silver Spring), 2007.

Para quem é indicado uma dieta low carb?

A dieta é recomendada para indivíduos saudáveis que querem diminuir o consumo de carboidratos, alimentos industrializados e buscam em retorno uma perda de peso mais eficaz, quando comparado aos demais planos alimentares. Lembre-se que é importante consultar um nutricionista antes de mudar seu estilo de vida.

 

Low carb é uma estratégia saudável?

Sim, desde que o indivíduo seja saudável, e tenha todo acompanhamento por um nutricionista, você pode apostar nesse estilo de vida.

 

Não coma mais proteína do que o recomendado.

Proteína é um macronutriente muito importante, em que muitas pessoas acabam não consumindo o bastante e a quantidade de carboidrato é aumentada no intuito de suprir a fome.

 

De acordo com Volek e Phinney, uma dieta low-carb bem formulada, deve ser baixa em carboidratos, alta em gorduras e moderada em proteínas. Uma recomendação é de 1.5-2g por kg de peso para indivíduos esportistas.

 

Não é preciso se entupir de proteína para ganhar massa muscular, na verdade isso não irá trazer nenhum benefício.

Não coma mais proteína do que o recomendado

Atividades físicas durante a dieta de baixo carbo

No início do low-carb, muitos indivíduos experienciam cansaço e fadiga, sintomas da dieta cetogênica, pelo fato do organismo estar condicionado ao maior consumo de carboidratos e de baixa ingestão em gorduras.

É preciso começar aos poucos com a diminuição dos carboidratos e aumento da gordura. Logo estará com a mesma performance que anteriormente, inclusive é notado maior disposição.

 

Malefícios do Low carb?

Você não deve experimentar caso esteja grávida, amamentando, utilizando medicamentos para pressão arterial, diabetes ou também possua alguma determinada patologia. Por isso, sempre consulte um médico ou nutricionista previamente.

 

Lowcarb vs Aej qual o melhor?

Uma boa estratégia é auxiliar o AEJ como atividade cardio. Caso você não conhece ainda o Aeróbico em Jejum, veja tudo sobre clicando aqui! Junto com a dieta, seu organismo fará uma mobilização muito maior da gordura em conversão a energia.

 

Como é a vida low carb?

Muito contrário do que dizem sobre a dieta low-carb, que é difícil de conseguir manter, vou ressaltar algumas coisas para que fique em sua cabeça. Afinal, muitas dietas necessitam de dedicação e resiliência, não é mesmo? Eu entendo o que é uma vontade de doce, e para muitas pessoas, evitar doces pode ser uma tarefa bem árdua, especialmente em situações sociais. Já pensou em recusar o bombom que seu chefe lhe oferece? Muito obrigado, estou em uma dieta low-carb.

o que é aeróbico em jejum

As primeiras semanas de adaptação, é preciso ter controle para não atacar a geladeira.

Seu corpo está se ajustando para a rotina com baixa ingestão de carboidratos. Por isso, mantenha-se na dieta!

Desvie dos alimentos ricos em carbos, como Neo desvia das balas no filme Matrix ????????

Mantenha em mente que se você furar a dieta, não precisa se culpar, apenas volte a rotina normal.

 

Receitas Low carb

Chega de teoria e vamos as receitas!

Hambúrguer sem pão

Ingredientes: Manteiga, hambúrgueres, queijo, cream cheese, espinafre.

Modo de preparo:

  1. Coloque um pouco de manteiga na frigideira, aqueça.
  2. Coloque os hambúrgueres  e temperos desejados
  3. Vire até que fique pronto.
  4. Adicione algumas fatias de queijo e um pouco de cream cheese em cima da carne.
  5. Desligue o fogo e tampe a frigideira até o queijo derreter.
  6. Sirva com um pouco de espinafre.

 

Café da manhã

Ovos mexidos com queijo acompanhado de suco de morango.

Ingredientes: Ovo inteiro, queijo a escolha, sal, alho e cebola.

Suco: 1 porção de morangos frescos e gelo.

  1. Quebre a quantidade desejada de ovos sobre a frigideira quente (geralmente 1-3)
  2. Misture até obter o ponto.
  3. Adicione os temperos
  4. adicione algumas pequenas fatias de queijo.
  5. Sirva-se

 

Almoço low carb

Peito de frango com legumes na manteiga.

Ingredientes: Manteiga, peito de frango, Sal Pimenta, alho, Curry e vegetais.

Modo de preparo:

  1. Corte o peito de frango em pedaços pequenos.
  2. Adicione manteiga na frigideira, ligue o fogo e aqueça.
  3. Adicione os pedaços de frango.
  4. Adicione uma pitada de sal, pimenta (se desejado), curry e o alho.
  5. Cozinhe o frango até dourar, não deixe que ele fique cru.
  6. Depois de pronto, tire o frango e adicione os legumes na frigideira por alguns instantes.
  7. Sirva.

Não se limite somente a estas receitas, de um Google e procure por outras.

 

Concluindo

Dieta low-carb não significa apenas proteínas e gorduras o tempo todo. Frutas e vegetais exercem um papel muito importante na qualidade nutricional dentro do plano low carb. Mantenha o consumo de frutas e vegetais, e deixe seu prato muito mais interessante e sua nutrição mais completa.