Quantas vezes é preciso se alimentar para ganhar massa muscular?

Dentro de todas as dúvidas sobre ganhos de massa muscular, essa pergunta se torna a mais questionada e é claro, de grande importância para o objetivo desejado,
pois sabemos que a alimentação é a chave principal. Veja agora tudo sobre alimentação e atinja seu objetivo mais rápido.

A importância das calorias na alimentação (Dieta)

Para uma alimentação de resultados, é preciso que a taxa calórica de sua dieta esteja adequada. Dentro dessas calorias, a divisão das proteínas, carboidratos, gorduras dependerá de você. Há indivíduos que se sentem confortáveis ingerindo altas quantidades de carboidratos, porém há aqueles que se sentem ‘’inchados’’, cansados principalmente depois de uma refeição. É interessante que você adapte o que for melhor a seu organismo. A proteína é fundamental no ganho de massa muscular e recuperação, mas não é necessário um consumo abusivo do mesmo, a quantidade de proteínas a ser ingerida é baseada em seu peso total. A gordura é necessária ser incluída a alimentação, não tenha medo de usa-la, pois a mesma é ideal para manutenção hormonal.

Deficiência de Micronutrientes

Não é só de macronutrientes que se faz uma alimentação.
Certo! Digamos que agora você seguiu o concelho acima e adaptou todos os macronutrientes (Proteínas, carboidratos e lipídios) e está comendo a quantidade calórica ideal a você, porém os micronutrientes estão adaptados também?

Com o modismo das dietas hoje em dia, as mesmas acabam sendo deficientes em micronutrientes (vitaminas e minerais) e com isso, não somente o ganho de massa muscular se torna prejudicado, mas também a sua saúde. Seus pais sempre estiveram certos, você deve comer frutas e vegetais. Os micronutrientes exercem papeis fundamentais no ganho de massa muscular, emagrecimento, recuperação, sistema imunológico, função hormonal entre diversos outros papeis importantes no seu organismo.

Pós-treino é a refeição mais importante?

É normal ouvir que o pós-treino é a refeição principal do dia, pelo fato de que depois do treinamento nosso corpo precisa de rápidas fontes de proteínas e carboidratos para maior anabolismo. Mas, não é bem assim que nosso organismo funciona, o que chamamos no pós-treino é de ‘’janela anabólica’’ e que ao contrario do que muitos pensam, ela não fica aberta somente por poucos minutos, e sim por diversas horas, portanto, não é somente essa refeição que será importante para o ganho de massa muscular e sim o dia todo. Imagine que todo seu dia é uma janela anabólica, e mantenha seu corpo nutrido.

Você sabe quantas vezes ir na academia por semana? 

E agora, quantas vezes eu preciso comer por dia?

Quando escolhemos vezes iremos comer, pode ser bem variado. Digamos que irá depender muito de seus costumes, se você sempre foi um individuo que se alimentava com frequência ou se fazia poucas refeições ao dia. Experimente quebrar ao dia entre 5-6 pequenas refeições, há estudos que mostram maior efetividade quando se trata de ganhos de massa muscular, mostrando que é melhor consumir 20g de proteína em uma refeição do que 40g em uma única refeição, resultando assim em uma melhor absorção. Além de manter o seu organismo em estado anabólico por maior tempo.

Porém como vimos acima, há certos casos em que o individuo não consegue se alimentar com maior frequência, seja por desconforto ou tempo, é possível ainda ter bons ganhos musculares sim! O ideal é que em poucas refeições do seu dia, você consiga adequar a quantidade calórica, assim como macronutrientes e micronutrientes.
Você não irá catabolizar ficando sem comer por 2-3 horas, esqueça esse mito.

Conclusão

Mantenha a quantidade necessária de calorias em seu dia, não se esquecendo da importância dos macronutrientes e dos micronutrientes. Se você tem duvidas de como fazer todas estas adequações a sua alimentação, é ideal que procure um nutricionista.

Gostou? Veja também: 13 alimentos para ganhar massa muscular!

Autor:  Yuri Seluque – Estudante de Nutrição.

Deixe um comentário

Por favor, seja educado. Nós gostamos disso. Seu e-mail não será publicado e os campos obrigatórios estão marcados com "*"