Os 7 melhores suplementos que ajudam a emagrecer

Todo mundo sabe que, para perder peso, o ideal é adotar um estilo de vida mais saudável, bons hábitos alimentares e a prática frequente de atividades físicas. Porém, os suplementos que ajudam a emagrecer podem ser bons aliados nesse caminho.

O importante é ter em mente que não existem produtos milagrosos que agem sem nenhum tipo de ajuda e esforço. Se você continuar sedentário e cometendo excessos na alimentação, o consumo de suplementos pode não fazer nenhum efeito ou até prejudicar a sua saúde.

Sabendo disso, não deixe de ler o post a seguir para conhecer melhor algumas opções de suplementos que ajudam a emagrecer!

1. Termogênicos

Os termogênicos são também conhecidos como queimadores de gordura, porque provocam a aceleração do metabolismo e fornecem energia para os exercícios físicos. Consequentemente, são importantes aliados na perda de peso, favorecendo o gasto calórico.

Um dos principais termogênicos é a cafeína, que contribui para a redução do apetite, mobiliza a gordura corporal e intensifica o processo metabólico. Por isso, ela é considerada estimulante, ajudando a queimar calorias e proporcionando mais disposição no dia a dia.

Além de incluir na sua dieta alimentos termogênicos de sua preferência, suplementar vai ajudar a acelerar esse processo devido à alta concentração de substâncias como cafeína presentes nos suplementos, vindas do chá verde, do guaraná ou do próprio café.

Contudo, o consumo de termogênicos requer cautela por pessoas que sofrem de ansiedade, insônia e outros problemas, podendo até atrapalhar a medicação. Efeitos colaterais, como enjoo, arritmia cardíaca, dor de cabeça e aumento da pressão costumam ser normais, portanto, é sempre recomendável procurar orientação médica.

Alguns exemplos de termogênicos naturais são:

Chá verde

Para quem não gosta muito do sabor ou não tem tempo no dia a dia para preparar o chá verde, os suplementos em cápsulas podem ser uma boa alternativa para aproveitar os seus benefícios. Seu poder antioxidante também ajuda a prevenir o envelhecimento e a combater radiciais livres, evitando ainda doenças como o câncer.

Óleo de coco

Encontrado em cápsulas ou mesmo na versão líquida, sua estrutura química apresenta maior taxa metabólica, sendo processado rapidamente pelo organismo. Entre as suas vantagens, o óleo de oco também estimula o metabolismo, contribuindo para a perda de peso e a redução do colesterol.

Óleo de cártamo

O óleo extraído dessa planta é rico em ômegas 6 e 9, responsáveis por contribuir para a perda de gordura na região abdominal, catalisando o processo de queima de calorias. Além disso, o cártamo aumenta a produção do hormônio adiponectina, que reduz a absorção de colesterol e de gorduras no intestino.

2. BCAA

O termo BCAA vem de branch chain amino acids, ou seja, aminoácidos de cadeira ramificada, que não são produzidos pelo organismo, como a valina, a leucina e a isoleucina.

Não se trata de um suplemento específico para a perda de peso, mas o BCAA pode ajudar quem pratica exercícios físicos com o intuito de emagrecer e ganhar massa magra. Sua principal função é fornecer nutrientes e energia durante o treino, para que o organismo não retire aminoácidos dos músculos. Assim, ele auxilia na recuperação e na proteção muscular. 

Além disso, o BCAA estimula a produção de insulina, hormônio que serve como matéria-prima para a construção dos músculos. Por causa disso, a recomendação é que o consumo seja feito antes e depois dos treinos em dosagem prescrita por um profissional especializado.

3. Fibras

Um dos obstáculos para quem deseja emagrecer é possuir um metabolismo lento, que dificulta o trânsito intestinal e traz sensações como inchaço e prisão de ventre. Por isso, o consumo de fibras alimentares é importantíssimo, garantindo maior sensação de saciedade e auxiliando o bom funcionamento do intestino.

Os suplementos que ajudam a emagrecer e são ricos em fibras contribuem ainda para a prevenção do surgimento de células cancerígenas na região do cólon e outros problemas como diverticulites e hemorroidas.

A ingestão de uma boa quantidade de água junto ao consumo de fibras é essencial para que elas possam desempenhar suas funções no organismo. Então, se você não consome a quantidade adequada de fibras, é possível recorrer aos suplementos alimentares — mas não se esqueça de tomar água!

4. Ômega 3

O ômega 3 já é um suplemento conhecido da maioria das pessoas por seus diversos benefícios à saúde, auxiliando o cérebro, o coração, a pele, a visão e reduzindo os quadros inflamatórios, entre outros benefícios. O emagrecimento também é favorecido pelo poder desse suplemento de aumentar a potência aeróbica e regular o nível de insulina no sangue, dando maior sensação de saciedade.

Os peixes de águas frias e as sementes são suas fontes mais populares, e a suplementação é indicada principalmente para quem não tem o costume de incluir esses alimentos na dieta.

5. Pholia magra

Esse suplemento vem de uma planta medicinal (Cordia ecalyculata) que contém vários princípios ativos que causam a diminuição do apetite e aceleram a queima de gordura localizada.

Sua alta concentração de cafeína estimula o sistema nervoso central e, junto ao ácido alantóico, ajuda a reduzir inflamações, como as celulites. Ele possui ainda ação diurética, que também contribui para a perda de peso, já que diminui a retenção de líquidos e o inchaço.

6. L-carnitina

Esse suplemento faz com que o organismo utilize a gordura como combustível para a prática de atividades físicas. É uma substância natural e produzida pelo nosso corpo nos fígados e rins, e que também é encontrada nas carnes vermelhas, por exemplo.

Porém, dependendo da dieta, os alimentos ricos em carnitina podem atrapalhar o emagrecimento devido aos seus outros nutrientes, como gordura, carboidratos e sódio. Então, pode-se recorrer aos suplementos concentrados disponíveis em cápsulas ou em pó.

7. Picolinato de Cromo

Trata-se de um mineral essencial que está presente em cereais integrais, brócolis, carne vermelha, maçã e outros alimentos. Mas o seu poder de promover a queima de gordura, provocar saciedade, inibir o desejo descontrolado por doces e atuar no emagrecimento vem aumentando a procura pelo suplemento.

É preciso tomar muito cuidado com a qualidade dos produtos escolhidos e a dosagem diária de consumo. Muitos suplementos encontrados no mercado com o rótulo de chá verde, por exemplo, podem apresentar diversos outros aditivos que devem ser analisados.

O excesso de determinadas substâncias pode ser extremamente prejudicial ao organismo, sendo necessário sempre o acompanhamento de um profissional qualificado, como um médico ou nutricionista.

Ficou com alguma dúvida sobre suplementos que ajudam a emagrecer? Deixe seu comentário!

Deixe um comentário

Por favor, seja educado. Nós gostamos disso. Seu e-mail não será publicado e os campos obrigatórios estão marcados com "*"