O que é, e para que serve Whey Protein?

Tudo o que você precisa saber sobre este suplemento que faz a cabeça dos aficionados por academia

Força, queima de gordura e perda de massa magra são, geralmente, os principais objetivos de quem investe no Whey Protein. Porém, engana-se quem pensa que alcançar essas metas é sinônimo de ingerir um produto sintético e lotado de hormônio. Descubra, a seguir, todas as características deste suplemento:

O que é Whey Protein?

O suplemento alimentar Whey Protein é derivado do soro do leite – e extraído durante o processo de transformação do leite em queijo -, o qual conta com um grande valor biológico de proteínas que auxiliam no desenvolvimento e crescimento muscular.

Para que serve Whey Protein?

Este alto índice proteico contido no suplemento Whey Protein colabora para a constituição de massa magra (músculos), ao mesmo tempo que acelera o processo de recuperação muscular dos praticantes de exercícios físicos.

Porém, estudos recentes da Universidade de Newcastle, no Reino Unido, comprovaram que a atuação auxiliadora da proteína Whey Protein vai muito além, ajudando a reduzir os níveis do colesterol ruim no organismo, pressão arterial, obesidade e até a diabetes tipo 2. (Aproveite e leia o conteúdo sobre como o Whey Protein auxilia no combate a diabetes tipo 2).

Tipos de Whey Protein

O mercado de suplementos disponibiliza três tipos de Whey Protein, os quais se diferenciam em razão do processo de filtração (microfiltração ou ultrafiltração) e, consequentemente, geram transformações na extração e velocidade de absorção.

Whey Protein Concentrado

Comprar Whey Protein Concentrado é sinônimo de adquirir um suplemento composto por 80% de proteína,  com baixa quantidade de lactose, gordura e carboidrato. Isso acontece porque ele não passa por um processo de filtração rigoroso, mas ainda sim possuí uma rápida absorção.

Whey Protein Isolado

Neste caso, a proteína está presente de forma mais filtrada, já sem carboidrato! Ideal para intolerantes a lactose.

Whey Protein Hidrolisado

Suplemento composto de proteínas que passam pelo processo de hidrolise (quebra das partículas), proporcionando maior velocidade na absorção.

Benefícios do Whey Protein

Entre os principais benefícios do Whey Protein estão:
– O aumento da massa magra em função da alta quantidade de proteína ingerida;
– Rápida absorção, pois a fórmula em pó garante que as partículas das proteínas sejam quebradas e assimiladas de forma acelerada;
– Contém grande fonte de aminoácidos essenciais e os de cadeia ramificada, principalmente o BCAA;
– Quando consumido na forma isolada, é praticamente livre de lactose, gorduras e carboidratos;
– Aceleração do metabolismo;
– Auxílio na queima de gordura;
– Melhora do sistema imunológico e o combate à infecções;
– E maior desempenho durante os treinos, principalmente os mais intensos.

Por que os atletas consomem o Whey Protein?

Consumir a quantidade certa de proteína é a principal preocupação dos frequentadores assíduos de academias e atletas, em geral. Sem a ingestão adequada, não será possível alcançar o nível de sucesso nos treinos, tanto em relação à performance quanto ao ganho de músculos.

É fato que a procura pelo suplemento cresceu nos últimos anos, sendo que até o volume de busca pela palavra e protein no Google tem aumentado, apesar dessa não ser a forma correta da escrita ou pronúncia do suplemento.

Porém, é importante citar que o suplemento Whey Protein é indicado para todas as idades, desde que a prática de exercícios seja uma constante.

Alie o Whey Protein da NewNutrition à sua dieta – e treino -, e desfrute de um produto com fabricação própria e custo-benefício diferenciado! NewNutrition: a loja de suplementos online feita para você. Boa sorte!

Saiba como tomar Whey Protein

Entender a melhor forma de tomar Whey Protein é uma das principais dúvidas, tanto entre os atletas quanto para os iniciantes na prática de exercícios físicos.

A partir dessa incerteza, perguntas como “quando tomar Whey Protein?” e “como tomar Whey Protein?” surgem com frequência para os nutricionistas, professores de academia e até mesmo para aquele amigo maromba que consome a proteína a muitos anos.

Porém, não é recomendado ingerir qualquer quantidade de Whey Protein sem o auxílio de um especialista. Você não alcançará os resultados esperados e, consequentemente, irá gastar dinheiro à toa.

Para que não restem mais dúvidas sobre como tomar Whey Protein, a NewNutrition produziu este artigo com o objetivo de responder as perguntas mais frequentes a respeito do consumo do suplemento.

Whey Protein: qual tomar?

Sabemos que o mercado disponibiliza três tipos de Whey Protein – concentrado, isolado e hidrolisado -, os quais possuem diferenças em relação ao tamanho das partículas e à velocidade de absorção pelo organismo.

Escolha o melhor suplemento Whey Protein de acordo com a dieta e, claro, com a indicação do nutricionista.

Qual o melhor horário para tomar Whey Protein?

Após comprar Whey Protein, o suplemento pode ser ingerido a qualquer momento do dia, porém, os objetivos mudam de acordo com o período. Por exemplo, caso o consumo ocorra no pós-treino, a proteína vai auxiliar na recuperação da síntese proteica dos músculos e causará o anabolismo.

Por outro lado, quando tomado no pré-treino, o Whey Protein tem a função de melhorar o desempenho durante a atividade física e colabora para evitar o catabolismo. Isso acontece em razão da dose de aminoácidos, como o BCAA, que o atleta recebe antes do treino.

Qual quantidade de Whey Protein tomar?

Para saber quanto tomar de Whey Protein é essencial ter como base o peso corporal e objetivo do atleta.

Porém, normalmente, a indicação é tomar cerca de 30g de Whey Protein por dia, podendo realizar a divisão deste valor em duas refeições, como no pré e pós-treino.

Quando o resultado esperado é a hipertrofia, o cenário se transforma, pois existem orientações de consumo desde 0,8g até 2g de proteína por quilo. O ideal – não apenas neste caso – é consultar um nutricionista e alinhar a dieta com a ingestão do suplemento de acordo com o objetivo pretendido.

Por que consumir Whey Protein?

Quando associado à uma alimentação balanceada e à exercícios físicos, o Whey Protein possuí vários benefícios auxilia na perda de gordura (peso) e aumento da massa magra. Ao mesmo tempo, o suplemento estimula o metabolismo, fazendo com que a imunidade seja restabelecida.
Não deixe a sua saúde para amanhã! Associe uma dieta equilibrada ao consumo correto do Whey Protein, da fabrica de suplementos NewNutrition, e seja saudável hoje! Boa sorte!

Os 20 Principais Suplementos para Musculação

Com uma vasta quantidade de suplementos alimentares no mercado, fica difícil saber qual produto escolher ou até mesmo como tomar, e para facilitar a sua vida resolvemos juntar nesse artigo em especial, quais suplementos são mesmo necessários para o seu dia a dia.

Então aqui vai o nosso Top 20 Suplementos para musculação:

1. Whey Protein concentrado

O treino de musculação gera micro lesões na musculatura, que posteriormente precisa se regenerar para que aconteça o ganho de massa muscular. Porém, para essa regeneração acontecer envolvem outros fatores tais como: dieta adequada, descanso e boas horas de sono. Os aminoácidos são essenciais neste processo! E eles formam as proteínas, com isso um suplementos como Whey Protein é composto por vários aminoácidos: Leucina, Valina, Glutamina, lisina, Triptofano, arginina entre outros. É um suplemento curinga para musculação.

O Whey Protein, que também pode ser chamado de Whey Concentrado é um dos produtos mais conhecido do mercado nutricional, por ser um dos suplementos mais completos além de ter ótimo custo e benefício. 

O Whey é indicado para qualquer hora do dia, e foi popularizado o consumo no pós-treino, ele pode ser consumido também em outros horários que seu corpo necessite de proteína como no desjejum, antes de dormir, pré-treino ou entre as refeições. 

2. Creatina

A creatina é um dos aminoácidos substanciado dentro do nosso organismo, e é muito utilizado por nosso tecido muscular para produzir o precursor de ATP, que é a fonte de energia para a contração muscular.

É o suplemento que mais foi estudado ao longo dos anos, e talvez graças a esses estudos é possível saber que é um dos melhores suplementos que existem, peça chave em qualquer dieta de hipertrofia.

A sugestão de uso é de 3 a 9g por dia, e este é o suplemento mais indicado para musculação.

3. BCAA

O BCAA (Branch Chain Amino Acids , ou Aminoácidos de Cadeia Ramificada) é um suplemento alimentar composto por leucina, valina e isoleucina que são aminoácidos essenciais, e que o nosso corpo não produz sozinho e são obtidos a partir de uma alimentação saudável.

Quem pratica atividades físicas de alto rendimento, precisa de uma maior demanda desses aminoácidos, muitas vezes mesmo com uma dieta balanceada pode ser necessário o consumo do BCAA para auxiliar na recuperação e performance do atleta.

O BCAA pode ser consumido pré, intra e pós-treino, de acordo com a orientação do Nutricionista.

4. ZMA

O ZMA é uma fórmula mineral que foi desenvolvida também para auxiliar na recuperação, é composto por zinco, magnésio e vitamina B6. Estudos recentes afirmaram que há uma carência nutricional para quem levanta peso, que é a falta de vitaminas e minerais (zinco, magnésio) elas são essenciais para varias funções do seu organismo como a melhoria do seu sistema  imunológico. A vitamina B6 auxilia na função anticatabólica, ajudando a recuperação muscular.

É recomendado tomar ZMA no pré ou pós-treino, mas ele também ficou popularmente indicado antes de dormir, por existir relatos que ele gera relaxamento muscular por conta do magnésio.

5. Glutamina

A Glutamina é um aminoácido produzido naturalmente por seu organismo, é responsável pela imunidade do corpo. Para iniciantes da musculação, é importante saber que é comum a imunidade cair no começo por conta dos treinos, e a suplementação com glutamina pode repor os estoques de glutamina, auxiliando na melhoria da imunidade além da recuperação e manutenção dos ganhos.

Este suplemento é muito indicado por médicos no tratamento de algumas doenças autoimunes, (HIV, Câncer) doenças intestinais entre outras, pois além de auxiliar com a imunidade, a Glutamina também é muito benéfica para microbiota e tem ação reparadora na mucosa e melhora a função de absorção.

A sugestão de consumo diária varia de 5 até 10g, os horários também variam, existem bons relatos do consumo no desjejum para melhora da imunidade, ou também antes de dormir para uma ação anti-catabólica.

6. Palatinose

Palatinose é famosa marca do suplemento Isomaltulose é um carboidrato de baixo índice glicêmico, proveniente da  beterraba.  O que significa que este suplemento será absorvido lentamente pelas células intestinais não provocando elevações bruscas da insulina, devido a esta caraterística a Palatinose fornece energia constante ao seu organismo. Por ser um carboidrato de baixo índice glicêmico pode ser utilizado por diabéticos, desde que dentro de um plano alimentar adequado.

Adicione uma porção de 30g (3colheres de sopa) de palatinose em 200ml de água ou bebida de sua preferência.

Pode ser consumido no pré-treino, até 40 minutos antes.

7. Waxy Mayze

O Waxy Maize é um suplemento alimentar feito a base da glicose, que ajuda a repor glicogênio que você perde durante o treino. Além de ser  um carboidrato complexo, facilmente digerido e absorvido, e que fornece energia gradativa para o organismo e é indicado para exercícios de longa e média duração.

Fornecer energia antes, durante e após a prática esportiva de longa duração. Contém ainda a vitamina C que atua combatendo o excesso de radicais livres produzidos durante o exercício físico.

Adicione uma porção de 30g em 200 ml de água ou bebida de sua preferência.  Pode ser consumida antes, durante e após o treino.

8. Polivitamínico

Polivitamínico, multivitamínico, centrum…ou qualquer outro nome que exista no mercado, este suplemento alimentar é conhecido por vários nomes no mercado, mas todos são a mesma coisa, um suplemento vitaminico e mineral de A-Z, um tablete por dia possuí 100% da dose diária recomendada de cada vitamina e mineral.

Este produto é essencial pois nem com a dieta mais perfeita, você ira conseguir suprir 100% das necessidades que o seu corpo precisa. Mas também é importante saber, que muitas vezes seu corpo não consegue absorver toda essa dose de uma vez, e a dica da New é a seguinte divida essa porção em até 3x ao dia, com uma faca corte o tablete em 3 e consuma em diferentes momentos do seu dia, assim tendo uma melhor absorção e aproveitando ao maximo este produto.

Fornece em uma dose (1 tablete) 13 vitaminas e 9 minerais importantes para o adequado desenvolvimento do organismo.

9. Vitamina C

A vitamina C, também conhecida como ácido ascórbico, é abundante em vegetais e frutas cítricas. Uma vitamina hidrossolúvel e potente antioxidante que ajuda a manter o tecido conjuntivo, Incluindo ossos, vasos sanguíneos, e pele, absorção de ferro, antioxidante e ajuda no sistema imunológico.

É recomendado consumir um tablete mastigável junto ao café da manhã ou junto ao jantar.

Um único tablete que aliais é muito gostoso, tem 100% da dose que o seu corpo precisa diariamente.

10. Ômega 3

O suplemento formulado com óleo de peixe, que é o Omegâ 3 um ácido graxo poliinsaturado que exerce funções importantes no seu organismo. Seus principais componentes são: o ácido alfa-linolênico (ALA), o ácido eicosapentaenóico (EPA), e o ácido docosahexaenóico (DHA). O EPA e DHA são considerados ácidos graxos essenciais. Diversos estudos demonstram que a ingestão adequada contribui para o equilíbrio da pressão arterial e dos triglicérides, além de ser muito importante para a saúde das artérias e do coração.  O consumo regular do ômega 3 também traz benefícios para o sistema nervoso (podendo contribuir no controle dos sintomas de depressão e do Alzheimer), controle da obesidade, para a saúde dos olhos e da pele, melhora de quadros inflamatórios (artrite e doenças inflamatórias intestinais) e ainda auxilia na qualidade de vida de indivíduos da melhor idade.

É recomendado consumir 1 capsula junto ao café da manhã,  após o almoço e outra após o jantar.

11. Pasta de amendoim

O amendoim possui elevada quantidade de nutrientes como proteínas, fibra alimentar, gorduras (ás boas é claro) e baixa quantidade de carboidratos. É considerado também, uma excelente fonte de vitaminas e minerais . A pasta de amendoim contém fitosteróis, ácido cumárico e resveratrol, antioxidantes que em conjunto com a vitamina E ajudam na manutenção do organismo.

É uma excelente fonte de energia e pode ser utilizada tanto para dieta de atletas como para redução e manutenção de peso, pois além de ser um alimento prático e saboroso de ser consumido, também fornece nutrientes importantes para o bom funcionamento do organismo, como: proteínas (aminoácidos), vitaminas, gorduras boas e carboidratos (de baixo índice glicêmico).

É indicado para pessoas que buscam aumentar o consumo de proteínas e uma fonte saudável de energia. É uma excelente opção para quem frequenta academias e também para que faz dietas de emagrecimento. A quantidade de consumo varia de acordo com a necessidade de cada pessoa.

Pode ser consumida no café da manhã e após o treino.

12. Adoçante Stevia

A Stevia é um adoçante dietético totalmente natural, desenvolvido com os adoçantes estévia e taumatina, visando atender aos consumidores que precisam adoçar seus alimentos e bebidas de maneira saudável e ainda manter seu sabor agradável. Possui apenas 1 kcal por porção, que substituindo a quantidade equivalente em açúcar reduz em mais de 95% as calorias ingeridas, ajudando naquela dieta rigida.

Recomenda-se consumir como substituto do açúcar convencional em suas receitas diárias. Utilize para adoçar sucos, café, chá ou outros alimentos e bebidas de sua preferência.

13. Coenzima Q10

A Coenzima Q10 é uma substância natural produzida por seu organismo. Ela também pode ser encontrada em certos alimentos, como carne de vaca, sardinha, espinafre e amendoim. A Coenzima Q10 é necessária para o uso eficiente do oxigênio nas células do organismo, na função de produção de energia. Também desempenha um papel de antioxidante celular, favorecendo a redução dos danos causados pelos radicais livres.

Muitas pesquisas indicam que a redução da Coenzima Q10 no organismo está associada a doenças cardíacas. Mantendo-se os níveis adequados de Coenzima Q10 observa-se o fortalecimento da musculatura do coração, um fator importante para a prevenção de ataques cardíacos. Além das propriedades antioxidantes, a Coenzima Q10 também apresenta propriedade antienvelhecimento e favorece o estímulo do sistema imunológico.

Indicado tomar em pré e pós treino.

14. Batata Doce

É um suplemento formulado exclusivamente com a batata doce roxa integral em pó, submetida apenas ao processo de secagem e moagem. Assim, o suplemento mantém todos os benefícios do consumo da batata doce roxa e integral (com cascas). Além disso, por não ter sido submetido ao cozimento, a matéria prima do suplemento mantém todos os nutrientes do alimento na sua forma natural. A batata doce é um alimento muito nutritivo. Apresenta boas quantidades de carboidratos complexos, fibras alimentares, vitamina A, E, vitaminas do complexo B, minerais como cálcio, ferro, magnésio, manganês e potássio.

Também pode ser acrescentado nas receitas diárias (bolo, pães, tortas, etc) como opção saudável de carboidratos. É muito comum ser consumida juntamente a um shake de proteína como whey protein no pré-treino.Misturar 30g (1 medidor ) em 200 ml de água ou bebida de sua preferência.

15. Colágeno

O Colágeno é uma proteína presente no nosso organismo. Sua principal função é formar as fibras que dão sustentação à pele, cabelos, unhas, ossos e cartilagens.  Com o passar dos anos ocorre uma queda progressiva de colágeno no organismo, sendo que após os 30 anos esta perda se acentua para 1% ao ano. A deficiência de colágeno começa a ser notada com a diminuição da elasticidade da pele e, consequentemente, com o aparecimento de rugas.

O colágeno hidrolisado é bem absorvido pelo organismo, fornecendo frações proteicas importantes para aumentar a quantidade de colágeno no corpo, reduzindo os efeitos causados pela sua queda.

É formulado com colágeno hidrolisado. Contém, ainda, vitaminas A, C e E e os minerais Ferro e Zinco que melhoram a absorção e o aproveitamento do colágeno pelo organismo.

Adicione uma porção de 10g em 200ml de água ou outra bebida de preferência, até a diluição total de produto. Consumir imediatamente após o preparo.


16. 
Mass Gainer (hipercalórico)

É formula de uma combinação perfeita de carboidratos, proteínas, lipídios, fibras e vitaminas e minerais, sendo um alimento completo e balanceado. Fornecendo carboidratos, proteínas, fibra, vitaminas e gorduras boas para seu organismo.

O Mass Gainer é indicado para você que necessita aumento de calorias e proteínas de execelente qualidade. Recomenda-se consumir nos intervalos das grandes refeições (lanches), antes de dormir ou após o treino.

Adicione uma porção de 130g em 250ml de água ou bebida de sua preferência. Poder ser consumido até 5 vezes por dia ou conforme orientação de médico ou nutricionista.

17. L-Carnitina

É um suplemento composto pelo aminoácido L-carnitna que pode ser sintetizado pelo seu organismo a partir dos aminoácidos essenciais. Além de possuir como principal função participar do metabolismo de lipídios, desta maneira, otimiza a oxidação dos lipídios disponibilizando mais energia para desenvolver as atividades.

Sua suplementação além da melhorar sua performance, ela também previne o estresse metabólico, auxiliando na recuperação muscular.

Ingerir 4 cápsulas, sendo 2 pela manhã e 2 antes da principal refeição do dia.

18. Albumina (egg protein)

A albumina é digerida e absorvida lentamente do que o whey protein, e mais rapidamente digerida e absorvida do que a caseína micelar. É indicado para você que necessita aumentar a ingestão de proteínas, que não seja de fonte bovina, e não apresente lactose em sua composição é uma proteína de excelente qualidade com absorção gradativa de aminoácidos para a corrente sanguínea.É ideal para aqueles que visam recuperação muscular, redução do catabolismo e hipertrofia muscular.Adicione uma porção de 30g de em 200ml de água ou bebida de sua preferência. Poder ser consumido de 2-3 vezes por dia conforme orientação de um médico ou nutricionista.

19. Pré-Treino 

O pré-treino é destinado a melhora da performance, de você que pratica atividades de média a alta intensidade e longa duração. Isto implica a melhor vasodilatação, provocando um aumento no fluxo sanguíneo, levando nutrientes e oxigênio aos músculos exercitados com mais eficiência. A combinação da beterraba (carboidrato de baixo índice glicêmico) com os carboidratos maltodextrina, waxy maize e isomaltulose permite um aumento nos estoques de glicogênio, além de otimizar seu consumo durante a prática esportiva. Isto pode ser utilizado como uma importante estratégia nos treinamentos e competições.

Destinados somente para pré-treinos.

20. Cafeína

A cafeína é indicado para você que trabalha o dia inteiro e sente cansaço durante o treino, a cafeína ajuda aumentar seu desempenho físico e auxilia na queima de gordura. Além de ajudar a reduzir fadiga, aumento de concentração e mais resistência

Recomenda-se consumir 1 cápsulas de Caffeine 210 até 30 minutos antes do treino.

 Gostou deste conteúdo? Veja também: Existe diferença entre treino de hipertrofia e definição?

 

Qual o melhor whey protein, tipo, preço e marca

Eai tudo bom? Hoje a NewNutrition vem dar um toque para você que não sabe muito sobre este suplemento alimentar, que é o produto mais vendido pelas marcas de suplemento atualmente que é o Whey protein. Ele é o soro do leite bovino, proteína de excelente qualidade e que contém todos os aminoácidos essenciais, tais como: leucina, valina, isoleucina, glutamina, tripofano, arginina e vários outros que também são muito conhecidos no mercado de suplementos.

Várias pessoas acham que esses tipos de suplemento são apenas para atletas de alta performance e que treinam pesado, mas muito mais que isso ele alcança a todos os públicos e objetivos, pode ser uma boa opção para idosos na manutenção da musculatura, que após certa idade diminui muito por conta da sarcopenia (perda degenerativa de massa muscular) que é totalmente comum no processo do envelhecimento. Em alguns casos é indicado por médicos para crianças, gestantes e outros como complemento alimentar.

O Whey é mais usado por as pessoas que praticam atividades físicas, muitas vezes apenas por modismo, sem saber os benefícios dessa proteína que são vários: Fortalecimento dos ossos, musculatura, imunidade entre outros.

Conheça os tipos de Whey Protein

Só relaxa, leias as informações a baixo e veja qual tipo encaixa com seu treino e dieta:

Observando a imagem ao lado, você pode ver que não há só uma opção de Whey e sim vários para atender as diversas necessidades, a variedade não aparentar obter muita diferença porém eles mudam um pouco em seu valor de concentração de proteína, carboidrato, gorduras, veja só:

O   whey protein concentrado (WPC) possuí 80% de concentração, é o whey mais vendido do mundo, essa proteína tem rápida absorção e baixos valores de carboidrato e gorduras.

O whey isolado (WPI) é uma excelente opção para quem é intolerante a lactose, pois ele passa por um processo de filtragem que separa o carboidrato (Lactose) e as gorduras, assim obtendo em sua composição 90% de concentração em proteína. Com isso também possuí uma absorção um pouco melhor que a do WPC (concentrado).

O Whey Hidrolisado (WPH) , é a proteína isolada que passou por um processo de hidrólise que quebra a proteína em partículas menores assim a absorção é muito ainda mais rápida que o WPI e WPC.

Além destas 3 versões de whey, que são as mais conhecidas, também existem alguns blends (mix) ou versões naturais que ajudam muito na dieta e atendem públicos específicos:

O 3W é um produto também muito conhecido pelos consumidores de suplementos, pois ele agrega com bom custo benefício e qualidade o melhor dos três mundos: Whey protein, whey isolado e whey hidrolisado na proporção 3:2:1 que também é bastante interessante.

O Whey Complex nasceu da ideia de criar um produto com diferentes proteínas de lenta e rápida absorção. Ele é um blend composto por WPC, WPI, WPH, caseina, albumina, colágeno hidrolisado.

 

Por último, mas não menos importante o Whey all Natural, que é um produto com ingredientes naturais (orgânicos) adoçado com Stevia, que é o adoçante mais indicado por médicos e nutricionistas. Produto tem a mesma qualidade do whey protein tradicional, mas com ingredientes naturais.

 

Tabela Nutricional do Whey

O sabor interfere os valores nutricionas? Sim interfere! Corantes, aromas e outros ingredientes mudam os valores nutricionais, com isso é importante avaliar tabela por tabela para ver a que melhor lhe atende, apesar das diferenças serem minimas:

Whey protein NewNutrition
Tabela nutricional com 7 tipos de whey protein

“Lembrando: consulte um médio ou nutricionista antes de tomar para identificar qual escolher, além de saber a quantidade ideal para o seu biótipo.”

Quais os melhores suplementos para quem participa de competição

Atletas e entusiastas bem sabem que os treinos e as competições podem ter resultados melhores a partir da ingestão de alguns suplementos específicos. Isso porque os complementos alimentares costumam apresentar maiores quantidades de nutrientes e vitaminas do que aqueles presentes em alimentos naturais, além disso, os suplementos também podem ser ingeridos de uma forma prática e rápida.

Mas o fato é que, atualmente, existem inúmeros tipos de suplementos disponíveis no mercado. Como saber qual é o mais indicado para participantes de cada modalidade esportiva? Preparamos um apanhado de informações a respeito de suplementos certos para diferentes atleta, confira.

Suplementos para competição: energéticos
Para os esportes: futebol, lutas, basquete, corridas de grandes velocidades e também para a musculação.

Os suplementos energéticos, como o próprio nome já indica, propiciam altas quantidades de energias para o corpo. Sendo eles, batata doce em pó, Palatinose, Waxy Maize, Maltodextrina.

               

Além disso, contribuem para o aumento das reservas de energia utilizadas em exercícios físicos anaeróbicos de alta intensidade. Também estimula o processo de produção de ATP, assim, a toda a estrutura muscular consegue trabalhar em níveis maiores e muito mais rápido sem que o corpo sinta cansaço e a Cafeína contra cansaço mental e resistência.

Suplementos para competição: proteicos
Para atletas da natação, do futebol, do levantamento de peso, da ginástica olímpica, da musculação, entre muitos outros.

Você já deve ter ouvido que as proteínas são substâncias cruciais no processo de desenvolvimento, recuperação e manutenção de massa magra (músculos), por isso, muitos atletas focam na alimentação rica em proteínas.

O melhor é poder recorrer a suplementos que suprem toda a necessidade que os alimentos naturais não resolvem, além disso, esses tipos de suplementos acabam sendo uma fonte fácil e mais rápida de proteínas. O suplemento de proteínas mais famoso da atualidade é o Whey Protein. É possível também ingerir suplementos proteicos. Albumina, proteína da carne vermelha e as vegetais, arroz e ervilha.

Suplementos para competição: compensadores
Indicados para os atletas que têm uma grande necessidade de nutrientes e vitaminas diariamente.

                     

Os suplementos compensadores são produtos que apresentam: carboidratos, lipídios, proteínas, vitaminas e minerais. Todas essas substâncias são fundamentais para que os competidores estejam com um corpo saudável antes, durante e após as competições. O indicado é investir em suplementos que apresentem esse combo de nutrientes ou que, pelo menos, tenham a maioria daquelas substâncias. 

Suplementos para competição: aminoácidos
Indicados para práticas esportivas de longa duração ou de alta intensidade, por exemplo: ciclismo, vôlei, artes marciais, corridas, triatlo, surfe, tênis e muito mais. 

 

Os suplementos feitos de aminoácidos são ideais para o aumento da massa muscular magra e também para a reposição muscular. Os aminoácidos BCAAs de cadeira ramificada são os: Leucina, Isoleucina e Valina.

 

 

Suplementos para competição: termogênicos
Para atividades físicas aeróbicas de alta intensidade ou ainda de longa duração, como, por exemplo: pedalada, corrida, treinos HIT, natação, futebol, entre outras.

Os suplementos de termogênicos são compostos de substâncias que promovem a aceleração do metabolismo e, assim, promovem mais energia para os treinos e também para aumentar a queima de gorduras. Algumas substâncias com ação termogênica são: cafeína e o guaraná. Os suplementos termogênicos, geralmente, são fabricados em fórmula de cápsula ou em pó.

                                       

Suplementos para competição e a importância das boas práticas

Esportistas de diferentes modalidades sabem que o segredo de um bom desempenho não advém apenas da suplementação. A atividade física é um dos pré-requisitos para um corpo plenamente saudável, entretanto, é necessário que alimentação esteja em dia para que o resultado seja favorável.

Isso significa que a suplementação deve estar inserida em uma dieta voltada para a pessoa, com o devido acompanhamento nutricional realizado e também com o conhecimento de qualquer tipo de suplementação utilizada.

Neste contexto, a loja virtual da NewNutrition é uma das melhores indicações para quem procura suplementos de qualidade e também com preços acessíveis. A loja é conhecida por oferecer produtos exclusivos, feitos com matéria prima de qualidade, assim como também apresentar um grande conjunto de informações em suas páginas de produto.

E mantendo os benefícios também em alta, a loja traz muitos produtos em embalagens práticas e econômicas, funcionando como um refil e possibilitando, assim, diminuir o custo final do produto.

A loja também contém todos os tipos de suplementos que foram mencionados anteriormente no texto e muitas outras opções de produtos para uma suplementação e prática de esporte saudável Vale a pena conferir a página virtual e garantir as melhores opções para manter o corpo em forma.

Veja também: 

Saiba mais sobre CrossFit: dos exercícios aos suplementos usados

Atualmente, o CrossFit é um esporte muito famoso no Brasil por causa dos resultados para o corpo, que superam as expectativas dos atletas. Como exige muita dedicação e esforço, geralmente é acompanhado de uso de bons suplementos para auxiliar o organismo a se preparar e repor os nutrientes necessários.

Esta modalidade de exercício é um tipo de condicionamento físico, com atividade de levantamento de peso, ginástica olímpica e práticas voltadas para condicionamento metabólico, como corrida, remo e ciclismo. Baseia-se em movimentos funcionais, com profunda intensidade e grande variação, promovendo uma adaptação fisiológica integral a todos os praticantes.

Saiba mais sobre CrossFit: dos exercícios aos suplementos usados!

Originalmente é uma marca registrada internacional de uma empresa norte-americana, a CrossFit Inc. Ela promove cursos e treinamentos pelos quais transmite sua metodologia de trabalho, criadas pelo preparador físico Greg Glassman. Através da prática desse esporte é possível potencializar a resistência cardiorrespiratória, força, agilidade, velocidade, coordenação, flexibilidade e potência.

Mas não pense que pode ser realizado de qualquer maneira, a essência do CrossFit se dá justamente na precisão dos movimentos e na agilidade de sua execução. Caso contrário, os resultados podem ser problemas musculares e nas articulações, pois o treino não foca só uma parte do corpo, mas sim em trabalhar várias partes do corpo em um treino único.

Quem pode praticar CrossFit?

Nos Estados Unidos, o CrossFit é bastante praticado em academias de polícia, grupos de operações táticas, como o SWAT, o exército e atletas. Mas não precisa se assustar, qualquer pessoa pode fazer os exercícios.

Saiba mais sobre CrossFit: dos exercícios aos suplementos usados!

A modalidade CrossFit é muito versátil e pode ser facilmente adaptada aos mais diferentes tipos de pessoas, inclusive idosos. Como o foco vai além do fortalecimento muscular, é vantajoso também para mobilizar as articulações, melhorar o equilíbrio e a coordenação motora.

Ainda que qualquer pessoa possa ser um adepto de CrossFit, não é um esporte fácil, pois abrange uma ampla variação de exercícios e rotinas, exigindo o máximo do seu corpo. Por isso, quem pratica CrossFit, na maioria das vezes, precisa de suplementos, para ter suas necessidades nutricionais atendidas.

   Saiba mais sobre CrossFit: dos exercícios aos suplementos usados!    Saiba mais sobre CrossFit: dos exercícios aos suplementos usados!     Saiba mais sobre CrossFit: dos exercícios aos suplementos usados!

É muito importante ficar atento caso pretenda começar, pois o CrossFit é uma metodologia de treinamento patenteada e apenas as pessoas devidamente registradas e os estabelecimentos credenciados é que podem vender este tipo de serviço, de modo que os professores precisam seguir uma determinada linha de trabalho, onde alguns exercícios são pré-traçados.

Tipos de Exercícios praticados no CrossFit

Há uma grande variação de exercícios, com diversos níveis de complexidade, que podem ser adequados, por isso é indicado para todos os tipos de público, do sedentário ao atleta profissional. O mais importante é conhecer os limites do corpo e respeitá-los.

Saiba mais sobre CrossFit: dos exercícios aos suplementos usados!

A técnica de treinamento é baseada no WOD (Workout of the Day ou exercício do dia), com duração de 45 a 50 minutos, aproximadamente. Esse tempo é dividido em exercícios de aquecimento, força, técnica e potência.

Os exercícios fundamentais do CrossFit são:

Cíclicos – correr, pedalar, nadar e remar.

São atividades que auxiliam no desenvolvimento das principais vias metabólicas, aeróbica, anaeróbica, lática e alática.

Ginásticos –  Salto, barra, flexão, parada de mãos, rolamentos, etc.

Técnicas derivadas da ginástica artística, tem como única fonte de resistência o peso corporal e serve para desenvolver a capacidade de controlar o corpo. Esses exercícios melhoram muito a força, resistência, agilidade, flexibilidade e precisão.

Levantamento de Peso

Atividades de levantamento olímpico, arremesso, arranco de peso, agachamento pela frente, entre outros.  O foco está nas capacidades de potência e aplicação de força no corpo em sequência correta, ou seja, partindo do centro do corpo para a extremidades.

Esses três tipos de exercícios são responsáveis por um aumento significativo de resistência cardiorrespiratória e muscular, força, flexibilidade, potência, velocidade, coordenação, agilidade, equilíbrio e precisão.

Onde praticar CrossFit

Hoje o Brasil é o segundo país com mais boxes (ginásios e academias) de CrossFit autorizados no mundo e está crescendo ainda mais. Você pode encontrar um local autorizado consultando o site oficial da CrossFit Inc., lá é possível encontrar um mapa global com todos os lugares.

Suplementos destinados aos praticantes de CrossFit

O atleta desse esporte tem muitos benefícios com o uso de suplementos, já que ele precisa de mais nutrientes, aminoácidos e energia. Como os exercícios de CrossFit são bastante diferentes entre si, não é recomendável usar apenas um produto, é necessário investir em uma combinação de suplementos para atingir resultados satisfatórios.

Saiba mais sobre CrossFit: dos exercícios aos suplementos usados!

Os suplementos ajudam o organismo a funcionar corretamente, pois o corpo precisa de uma grande variedade de nutrientes, vitaminas e minerais para se manter saudável. Os suplementos mais indicados para o CrossFit são: Creatina, Whey Protein, BCAA, glutamina multivitamínicos, maltodextrina, L-carnitina.

Eles são recomendados porque oferecem os seguintes benefícios: aumento de força e energia, melhora a resistência, redução do tempo de recuperação, redução dos riscos de lesão, diminuição de dores musculares, aumento da resistência muscular e das articulações, aumento de massa muscular, aumento na síntese de proteínas, reduz o risco de deficiências nutricionais, aumenta a imunidade, entre outros.

Saiba mais sobre CrossFit: dos exercícios aos suplementos usados!

Na loja virtual da NewNutrition é possível encontrar suplementos com melhor custo-benefício e contar ainda com a qualidade dos produtos.

Veja também: 

Tudo sobre o pós-treino

Você já conferiu aqui no blog tudo o que é necessário saber acerca do pré-treino. Agora, complementando essas informações, é hora de saber todos os detalhes acerca do pós-treino. O que é, como funciona, como se alimentar com relação a isso e quais os principais suplementos que vão te ajudar no seu objetivo.

Primeiro de tudo, é importante saber que o pós-treino vai além da alimentação e é preciso se atentar a diferentes detalhes para obter o melhor aproveitamento do seu treino.

O que é o pós-treino?

O pós-treino é o período que se inicia logo após o encerramento do seu treino e pode ser considerado como duradoura até a plena recuperação do organismo. Apesar desta plena recuperação parecer vaga, há alguns indícios que podem ajudar a saber se o seu pós-treino está sendo bem aproveitado.

Garw

Entre os elementos que se deve atentar no pós-treino é a recuperação do organismo, garantindo que os exercícios praticados realmente tenham sucesso. Outro aspecto é a condição do seu corpo, livre de quaisquer lesões e dores; hidratação e, a mais comumente difundida, a alimentação.

A importância do pós-treino

Muitos especialistas afirmam que os benefícios do exercício não estão ligados diretamente à prática, mas, sim, à recuperação. E nesta fase que o organismo começa a colher os “frutos”, fazendo com que os exercícios tenham cumprido com o objetivo.

kjh

Por isso, o principal termo relacionado ao pós-treino é a recuperação. Seja qual for o objetivo que você tenha ao se exercitar (hipertrofia muscular ou emagrecimento), este período é composto por diferentes etapas e consiste em práticas que você deve incorporar na rotina para alcançar os resultados.

Antes de conhecer essas etapas ou tipos de pós-treino, é importante saber como funciona o organismo, de um modo bem simples: ao se exercitar, o corpo gasta energia e também sofre algumas lesões na musculatura. Claro que essas condições são ofensoras e, logo após o treino, ambas precisam ser sanadas para que o organismo tenha ganhos.

odkoas

E nesta fase que entram dois processos diferentes na recuperação dos músculos. O primeiro é a reposição dessa energia gasta, feita através da ingestão de compostos, como o carboidrato. O segundo momento é da regeneração dos músculos, se recuperando das lesões causadas no treino.

E é neste momento que entram em ação os tipos diferentes de pós-treino, cada qual para acelerar ou potencializar esses dois processos de recuperação.

Tipos de pós-treino

A boa notícia é que há diferentes práticas que visam melhorar a recuperação e você escolher quais delas mais se encaixam na sua rotina. Entretanto, é claro que algumas delas são mais funcionais que outras.

Carboidratos

Quando se trata de recuperação de energia, a mais difundida é a ingestão de carboidratos. Isso é feito, claro, com uma alimentação regrada e, de modo mais controlado e aproveitado pelo corpo, com suplementos voltados para o pós-treino.

BAMO

 

A maior atenção nesses casos, no entanto, é saber dosar a quantidade de reposição dessas energias. O ideal é prestar atenção ao que foi ingerido no pré-treino, e sabendo exatamente o que foi gasto durante a atividade, para que a reposição seja adequada, exemplo: se o objetivo é emagrecer, o certo é repor sempre menos do que se perdeu, dando preferência a proteínas magras. Agora, se o objetivo é ganhar massa, basta repor as energias consumindo carboidratos e proteínas.

Hidratação

Um dos mais óbvio, porém, às vezes ignorado pelos praticantes. Beber água é essencial para que o organismo elimine as toxinas do organismo e garanta que o corpo não sofra de desidratação. Se feito corretamente, a água ainda ajuda para que o corpo não sofra de dores musculares.

AUA

Descanso

Depois de sofrer as exigências, os músculos precisam de descanso. Esse descanso, no entanto, pode (e deve) ser feito de diferentes maneiras. Um deles é o verdadeiro repouso merecido. Dormir oito horas por noite, por exemplo, é uma prática extremamente benéfica para o organismo, já que o corpo, quando em repouso, gasta muito menos energia e consegue recuperar os músculos mais rápido.

Dscam

Além disso, voltar a exercitar os mesmos músculos só deve ser feito depois de 48 horas. Este é o tempo para que a musculatura possa se regenerar e então se submeter a novos esforços. Exercitar os mesmos músculos nesse intervalo causará apenas a interrupção no processo de recuperação e ainda pode resultar em uma lesão muscular.

Exercícios leves

Neste intervalo de descanso do músculo, uma prática muito bem-vista é a prática de exercícios leves. Caminhada é uma das mais recomendadas, tanto pela sua facilidade na execução, quanto no seu bom resultado. Ela ajuda a relaxar o músculo e evita que surjam dores nessas localidades.

Camoimha

Sugestões de alimentação para o pós-treino

A alimentação no pós-treino é um dos principais pontos da recuperação. Há diferentes alimentos que podem ser consumidos e, estando de acordo com sua dieta, e feitos na porção adequada, trarão ótimos resultados após os exercícios.

Alguns alimentos podem ser indicados por motivos específicos como, carne, ovos e laticínios como fonte de proteína; frutas como banana e melão para alimentos ricos em potássio. Alimentos ricos em ômega 3 e também alimentos antioxidantes, como as frutas vermelhas.

TOXDAN

Mas, lembre-se, no pós-treino, não é indicado ‘sair comendo de tudo’ apenas porque acabou de gastar energia. O ideal é saber exatamente quanto se deve comer, de acordo com seu objetivo: repor as energias para quem ganhar massa, e repor sempre menos do que se perdeu, para quem busca o emagrecimento.

Sugestões de suplementos pós-treino

gfGEUHá vários suplementos que fazem parte da rotina pós-treino, no intuito de acelerar a recuperação da energia gasta no treino. O mais difundido, no entanto, é o Whey Protein, que pode ser utilizado tanto para quem deseja emagrecer, quanto para os que buscam a hipertrofia muscular.

O Whey Protein é bastante utilizado pois auxilia no ganho de massa e também beneficia quem quer emagrecer por não descartar a massa magra do organismo. Por produzido a partir do soro do leite, é um suplemento de alto valor biológico e sua absorção pelo corpo é feito de modo natural.

No mercado, há pelo menos três tipos de Whey Protein (Concentrado, Isolado e Hidrolisado). A NewNutrition ainda possui um Whey Protein 100% Natural com fórmula exclusiva e adoçado com Stevia. É o único produto 100% natural disponível no mercado.

Veja também: 

Afinal, qual a diferença entre aeróbico e anaeróbico?

Quando se fala em tipo de exercício aeróbico e anaeróbico, as pessoas costumam ter várias dúvidas, a começar pelos próprios termos. Afinal, o que esses termos significam? Para qual tipo de público cada um dos treinos serve? Como praticar exercícios aeróbicos? E os anaeróbicos? Quais alimentos consumir para cada um deles? Sim, as perguntas são muitas e aqui você encontra todas as respostas.

As características do treino aeróbico

A principal diferença entre o treino aeróbico e anaeróbico é a fonte de energia utilizada para a realização dos exercícios. Na atividade aeróbica ou anaeróbica o oxigênio funciona como fonte energética para que as células musculares tenham combustível para realizar as contrações musculares.

aeróbicos

O treino aeróbico também é contínuo, prolongado e com exercícios de baixa ou moderada intensidade. Ele estimula bastante os sistemas cardiorrespiratório e vascular e também o metabolismo, uma vez que aumenta a capacidade cardíaca e pulmonar para dar conta da energia que o músculo necessita a partir do oxigênio – por isso o termo aeróbico. As atividades físicas aeróbicas são bem variadas, alguns dos exemplos são: caminhada; pedalada; corrida; nado; dança; andar de patins; entre muitos outros.

Por acelerar o metabolismo, são indicadas para pessoas que desejam perder gordura. A escolha do tipo de exercício físico aeróbico pode variar bastante entre as pessoas. É importante solicitar a orientação de um profissional de Educação Física.

As características do treino anaeróbico

Ao contrário do treino aeróbico, o anaeróbico não faz uso do oxigênio para proporcionar energia às células e, consequentemente, aos músculos (daí o nome anaeróbico). O treino é de alta intensidade e curta duração feito com esforço intenso e com uma quantidade imitada de músculos, além disso, o anaeróbico gera produção de ácido lático.

malhar-em-casa-650

A atividade anaeróbica pode conter movimentos de velocidade com ou sem carga de peso. Os exercícios anaeróbicos servem principalmente para a construção de músculos (massa magra), além disso, ajudam a eliminar o peso extra, aumentam a resistência e fortalecem o sistema imunológico. Nos tipos de treinos aeróbico e anaeróbico (principalmente), o metabolismo segue acelerado mesmo horas após a realização da atividade física, por isso, a musculação também é uma forte aliada à perda de peso.

Alguns dos exercícios anaeróbicos são: corridas de cem metros rasos; saltos; arremesso de peso e a musculação, como já dito. Vale ressaltar que toda atividade física proporciona benefícios para a saúde em todas as fases da vida. Mas é recomendável consultar um médico antes de iniciar qualquer programa de treino e também ter o auxílio de um educador físico.

Alimentação para treinos aeróbicos e anaeróbicos

beef-protein-sabor-chocolateCertamente você já deve ter ouvido falar que, mais do que o treino aeróbico e anaeróbico, a alimentação é um ponto primordial para ter muita saúde e principalmente para conseguir perder peso ou ganhar massa magra. Tudo isso é verdade, mas além de consumir alimentos ricos nutritivamente, também é importante adicionar alguns suplementos e outros alimentos saudáveis especiais. A loja NewNutrition tem toda a variedade de produtos que as pessoas precisam ingerir diariamente.

 

Alimentação para treinos aeróbicos

linha_a-dourada-farinha

 

Os famosos termogênicos são indicados para quem deseja eliminar as gorduras corporais. As substâncias como a cafeína e o guaraná provocam picos de energia e de força, assim, acelerando o metabolismo e aumentando a quantidade de força de homens e mulheres. Com o termogênico é possível treinar mais intensamente, gastando maior quantidade de gordura e sem se cansar demais.

 

termog_nico-cafeinaO ponto chave é a aceleração do metabolismo. A loja também dispõe de alimentos saudáveis de baixa caloria, como: adoçantes; chá verde; pasta de amendoim; sal light, além dos infalíveis cereais de quinoa e linhaça que ajudam o bom funcionamento do intestino e proporcionam sensação de saciedade – condições essenciais para quem está na busca da perda de peso. Sem um funcionamento de intestino regulado e sem a fome controlada, não há como perder gorduras. É possível substituir todos os alimentos calóricos por opções mais saudáveis para o corpo e para a mente.

Alimentação para treinos anaeróbicos

protein_gluta_pepdeo_natural_2Quem quer aumentar a porcentagem de músculos do corpo, pode contar com suplementos proteicos ingeridos antes ou depois da musculação (treino anaeróbico). Além dos carboidratos, a proteína é uma das principais substâncias responsáveis pela construção de músculos e os suplementos alimentares ajudam a suprir tais “necessidades” do organismo, contribuindo para que a quantidade das substâncias proteicas (além das refeições) aumente significativamente no corpo.

 

carboidrato-waxy-maize-natural-newnutrition_1Mais um produto interessante é o suplemento de aminoácidos (glutamina) que ajuda a reduzir a imunossupressão (basicamente, a redução da atividade do sistema imunológico), do exercício físico e recupera as células intestinais para melhor absorção de nutrientes. Também há a opção dos suplementos hipercalóricos que são superconcentrados em carboidratos, vitaminas e minerais. Essa combinação gera uma explosão de energia para aumentar o ganho de massa muscular. Vale lembrar também que é importante consultar um médico e um nutricionista a fim de esclarecer dúvidas mais específicas de acordo com cada pessoa.

A loja NewNutrition tem todos os produtos ideais destinados a homens e mulheres que realizam treino aeróbico e anaeróbico. Os clientes podem encontrar tudo facilmente já que a página virtual está toda separada em categorias de produtos.

Veja também: 

Gostou? Veja tudo sobre o suplemento alimentar mais conhecido do mundo!

Suplemento de Caseína, o guia completo!

O suplemento de caseína é um dos melhores e mais potentes suplementos proteicos do mercado. Veja neste guia completo, como ela funciona e de que forma devemos ingeri-la!

Não tem jeito, para conseguir bons resultados em termos de hipertrofia, é fundamental consumir proteína de boa qualidade. Um dos melhores produtos do mercado é a caseína, uma proteína de elevado valor biológico, que pode te ajudar e muito na melhora da qualidade muscular. Este suplemento proteico é muito usado, por atletas e amadores, para prolongar a síntese proteica e com isso, otimizar os ganhos.

É importante entender que a caseína não é um suplemento como qualquer outro. Ela deve ser ingerida da forma correta, aliada uma boa alimentação e principalmente, a um treino adequado. Caso contrário, tomar caseína não será algo de fato, relevante para sua hipertrofia. Veja agora, o que é a caseína!

O que é caseína?

A caseína é uma prima próxima do Whey Protein. Basicamente, a caseína é formada também pela proteína do soro do leite. A diferença entre a caseína e o whey protein está no tempo de absorção.  Além disso, a caseína é uma proteína de alto valor biológico, com uma excelente formação de diferentes aminoácidos. Desta maneira, a caseína é importantíssima para quem faz musculação, já que ela gera um processo anabólico mais longo.

Por causa de sua formação de aminoácidos, a caseína é uma proteína de absorção lenta. Ou seja, ela faz com que os processos anabólicos se estendam por muito mais tempo do que outras proteínas. Neste sentido, quando usada no momento correto, a caseína é uma proteína fundamental para a hipertrofia. Porém, em dados momentos, ela não é tão indicada, tendo em vista a demora para a absorção dos aminoácidos.

Na verdade, isso ocorre com todo e qualquer suplemento. Alguns são indicados para o pós-treino, onde precisamos de uma absorção mais rápida, para que aumentemos os resultados do que chamamos de janela de oportunidade. Por outro lado, em alguns momentos, como no restante do dia, precisamos de nutrientes que são ingeridos mais lentamente. Com isso, o corpo tem um suprimento gradual de nutrientes e vai utilizando-os conforme a necessidade.

Como tomar a caseína

Este é um ponto muito importante. A indicação mais comum da caseína é de ingeri-la cerca de 30 minutos antes de dormir. Esta indicação é totalmente correta e compreensível. Por ser uma das proteínas de alto valor biológico de mais lenta absorção, a caseína se torna muito interessante neste caso. Se a dieta for adequada e o treino com a carga e intensidade correta, o sono se torna o principal momento anabólico do corpo.

Como a caseína é de lenta absorção, ela faz com que o anabolismo, durante o sono, seja altamente potencializado. Isso faz com que uma das principais utilizações da caseína seja justamente, antes de dormir. Neste caso, é fundamental que ela seja usada da forma correta e que sua dieta, no decorrer dos dias, seja adequada. Caso contrário, não será possível alcançar grandes resultados.

Porém, esta não é a única forma de utilizar a caseína. Existem muitos casos onde ela é usada durante o dia, para suprir determinadas situações. Pessoas que tem dificuldades em ingerir boas proteínas durante o dia, por exemplo, podem ter na caseína uma solução. Como ela é de lenta absorção, teremos um resultado considerável se usarmos ela neste contexto.

A forma de usar a caseína não precisa ser rígida. Em determinados casos, por exemplo, podemos usar a caseína apenas em alguns períodos. Em determinados dias, quando você tiver alguma dificuldade para comer proteínas de boa qualidade, pode usar a caseína para “salvar” seu dia. Da mesma forma, ela pode ser usada diariamente, desde que nas doses indicadas. Como qualquer suplemento, a caseína deve ser usada no contexto adequado.

Existem contraindicações ao uso da caseína?

Com exceção de pessoas com intolerância a lactose,  alérgicas a caseína, ou com alguma enfermidade que tenha uma dieta restrita de proteínas, qualquer outra pessoa pode consumir esse suplemento. Por ser uma proteína de origem animal, ela não apresenta restrições em sua utilização. O único cuidado que você deve tomar, é evitar o excesso e garantir que você terá uma alimentação adequada. Caso contrário, a caseína não trará resultados. O indicado sempre é que antes de iniciar o uso de qualquer suplemento, um nutricionista deve ser consultado.

No mais, não há contraindicação na utilização da caseína, basta assegurar que você usará um produto de boa qualidade!

Whey Protein – Diferentes tipos, qual escolher e como tomar

O whey protein é, provavelmente, o suplemento proteico mais conhecido do grande público. Seus benefícios são muitos, mas precisamos entender sua ação.

Não tem jeito, a dieta é fundamental para termos melhores resultados em nossos treinos. Mas e na correria do dia a dia, como conseguir manter uma dieta alinhada? A solução é, muitas vezes, optar pelos suplementos. Mas como escolher os melhores? O Whey protein é com toda a certeza, um dos mais relevantes e utilizados suplementos proteicos atualmente.

Existem muitas pesquisas mostrando que o Whey Protein é o suplemento proteico com maior custo benefício.

Mas isso é o suficiente? Como usar o whey protein? Quais os tipos? É o que vou te responder agora!

Tipos de whey protein

O whey protein é um suplemento extraído do soro do leite. Ou seja, é uma proteína de origem animal. Já sabemos que as proteínas de origem animal têm um valor biológico muito mais alto. Ou seja, elas são absorvidas quase que em sua totalidade pelo organismo.

Dentre os tantos suplementos proteicos que temos no mercado, o Whey Protein é um dos que tem maior valor biológico. Isso faz com que ele seja tão usado. Além disso, seu custo-benefício, quando comparado a outras proteínas, é bem mais elevado.

Como você já deve saber, existem diferentes tipos de whey protein. Cada um deles tem características específicas e se enquadram melhor em determinados momentos.

Veja agora os diferentes tipos de whey protein

Whey protein concentrado

O tipo de whey protein mais barato. Isso acontece não pela falta de qualidade do produto, mas por que seu processo de filtragem é mais leve. Neste caso, temos geralmente entre 70 a 80% de proteínas em sua composição. O restante do produto se divide em carboidratos e gorduras.

Nesta quantidade de proteínas, temos os aminoácidos que compõe o BCAA, glutamina e outras.

Whey protein isolado

Apresenta uma concentração maior de proteínas, quando comparado ao anterior. Temos até 95% de proteínas. Existem marcas onde temos carboidratos e gorduras zeradas. Isso torna o whey isolado uma boa pedida para quem está em dieta de restrição calórica.

Whey hidrolisado

Passa por um processo mais intenso de filtragem, somado a um outro processo, a hidrólise. Ela quebra as cadeias de proteínas em fragmentos menores. Isso facilita consideravelmente a absorção. Logicamente, este tipo de whey acaba sendo mais caro do que os demais.

Qual tipo de whey protein escolher?

Este é um ponto muito importante. Primeiramente, quem deve definir isso é um nutricionista. Suplementos devem estar inseridos em uma estratégia. O único profissional capacitado para desenvolver esta estratégia, é o nutricionista.

Mas é importante entender de que forma eles podem ser usados. O whey protein concentrado, por ser mais barato e conter carboidratos e gorduras em sua composição, pode ser muito útil em fases de bulking (fase de ganho de massa muscular). Além disso, ele é interessante para quem tem dificuldades na ingestão de proteínas no meio da manhã, tarde ou noite, fora das refeições principais.

Já o isolado, por sua concentração reduzida de carboidratos e gorduras e elevada concentração proteica, é interessante para fases de emagrecimento ou cutting (fase de definição muscular). O hidrolisado é interessante para qualquer época, tendo em vista seu maior potencial de absorção.

Como tomar o whey protein?

Quem define isso é o nutricionista. Mas existem diferentes formas de usar o whey protein. Uma das mais comuns é no pós-treino. Por ser uma proteína de alto valor biológico e com um tempo de absorção rápido (principalmente o hidrolisado). Desta maneira, temos um melhor aproveitamento da janela anabólica.

Fora isso, podemos usar o whey protein em diferentes momentos do dia. Geralmente, os nutricionistas optam por sua utilização nos momentos onde é difícil ingerir proteínas.

Meio da manhã ou da tarde, por exemplo. Muitas pessoas têm dificuldades de ingerir alimentos ricos em proteínas de qualidade nestes períodos. Principalmente quem trabalha fora e não tem como preparar suas refeições. Nestes casos, o whey protein, em suas diferentes formas, acaba sendo uma excelente estratégia.

Tudo depende do contexto nutricional. Mas no geral, o whey protein pode ser usado de diferentes formas e em momentos variados do dia.

Vantagens de tomar o whey protein

Suplementos, no geral, podem ser fantásticos quando bem usado. Para isso, sempre procure um bom nutricionista.

Falando especificamente do whey protein, ele tem algumas vantagens em específico:

– Alta concentração de diferentes tipos de aminoácidos;

– Proteína de alto valor biológico;

– Absorção rápida;

– Diferentes possibilidades de uso, de acordo com o objetivo de cada pessoa.

Veja também: Os principais benefícios do suplemento Whey Protein

É importante ressaltar que estas vantagens do whey protein, só trarão efeito de verdade para você, se a sua dieta, como um todo, for equilibrada. Nenhum suplemento, sozinho, conseguirá te trazer resultados consistentes se você não tiver uma dieta equilibrada no geral.

Suplementos, são estratégias, jamais o ponto principal.