Hipercalórico – Guia completo para tirar todas as dúvidas

Hipercalórico – Guia completo para tirar todas as dúvidas
Avalie este conteúdo!

O que é Hipercalórico?

O termo suplemento alimentar ou nutricional significa que algo a mais é acrescentado na alimentação diária além do que é oferecido ao organismo normalmente.

Nos casos dos suplementos hipercalóricos, o que é ofertado a mais são as calorias diárias devido aos principais nutrientes que os compõem, os carboidratos e as proteínas. Por exemplo, uma pessoa que consome diariamente uma média de 1200 calorias e está abaixo do peso utiliza o suplemento hipercalórico para adicionar calorias na alimentação e, assim, conseguir aumentar seu peso.

Os hipercalóricos são, então, suplementos cuja composição é de elevado valor energético que, adicionados à alimentação habitual, elevam a carga calórica total diária.

Para que serve o Hipercalórico?

São um tipo de suplemento que contribuem para aumentar o valor calórico da alimentação em situações onde a alimentação em si não consegue suprir essa alta demanda calórica.

Por isso, os hipercalóricos servem para:

Contribuir para o aumento de peso corporal de uma forma geral, ou seja, massa gorda e massa magra.

Ajudar a manter o peso e a fornecer energia para ser utilizada em treinos de alta intensidade que demandam alto gasto energético;

Fornecer energia para treinos intensos e ajudar no ganho de massa muscular, uma vez que contêm proteínas em sua composição;

Composição dos hipercalóricos

A composição geralmente varia de acordo com a marca, mas a base da constituição dos suplementos hipercalóricos são os carboidratos que fornecem a maior parte das calorias.

Contêm, ainda, proteínas de alto valor biológico e quantidade razoável de gorduras, o que contribui para o ganho de massa muscular. A composição também pode variar entre vitaminas e minerais.

Para quem é indicado

Em todos os casos de indicação, o uso do hipercalórico só pode ser feito após prescrição do profissional especializado, nesse caso, um nutricionista ou médico especialista na área.

Os hipercalóricos são mais indicados para as seguintes situações:

1. Atletas
Os atletas profissionais necessitam ingerir muitas calorias durante o dia. Essa necessidade se dá porque eles precisam manter o peso dentro da normalidade e evitar a perda de massa muscular que pode ocorrer por falta de carboidratos, já que são a fonte de energia primária para o corpo.

Também são indicados para os atletas porque aumentam o desempenho através do alto valor energético ofertado durante treinos e torneios esportivos que geralmente são muito intensos.

2. Atividades físicas intensas

Esse suplemento também é recomendado para praticantes de atividades físicas intensas ou praticantes de musculação que desejam ter, além da oferta energética para os treinos, aumento de massa muscular.

3. Aumento do peso
Os hipercalóricos ajudam a aumentar o peso corporal tanto em termos de tecido adiposo quanto de tecido muscular. Esse tipo de suplemento é mais procurado para essa finalidade por quem deseja ganhar peso e não consegue somente pela alimentação porque, provavelmente, possuem o metabolismo muito acelerado ou não conseguem consumir refeições volumosas que oferecem mais calorias porque o sistema digestivo não aceita.

4. Estado nutricional debilitado
Algumas pessoas possuem o estado nutricional ou peso debilitados por causa de algumas doenças que geralmente são muito agressivas assim como seus tratamentos como, por exemplo, vários tipos de câncer. Nesses casos, o uso dos suplementos hipercalóricos é recomendado para ajudar na prevenção ou tratamento da desnutrição durante a fase de tratamento.

Nessa situação, o paciente encontra-se debilitado e, na maioria dos casos, a ingestão alimentar em si não é capaz de suprir essa necessidade energética devido à incapacidade do paciente de ser alimentar com refeições de consistência normal, que são as que mais ofertam calorias e nutrientes ao organismo.

Além do ganho peso, os hipercalóricos ajudam a melhorar o apetite e a atividade gastrointestinal desses pacientes. A suplementação hipercalórica oral é, portanto, um tratamento coadjuvante e a forma mais simples e menos invasiva de ajudar essas pessoas a aumentarem o aporte nutricional e melhorarem o estado de saúde.

Contraindicação

Por serem altamente energético e de fácil preparo, muito consumidores acham que esses e outros suplementos podem substituir as refeições, principalmente as principais como café da manhã, almoço e jantar. Porém, esses compostos servem somente para suplementar o consumo de calorias diário, ou seja, não contêm todos os nutrientes dos quais o organismo necessita e que somente uma alimentação normal pode oferecer, além de serem substâncias industrializadas.

Como são ricos em carboidratos, os hipercalóricos não são indicados para quem tem problemas com taxas elevadas de glicemia. Pessoas diabéticas ou pré-diabéticas devem evitar o consumo desses suplementos.

Esses suplementos também não são indicados para quem possui problemas hepáticos e renais, pois acarretam sobrecarga do fígado e dos rins, respectivamente.

Efeitos colaterais

Assim como podem oferecer efeitos benéficos ao organismo, os hipercalóricos também podem causar alguns efeitos adversos. Geralmente, esses efeitos surgem por causa do consumo excessivo e indiscriminado sem indicação e orientação profissional.

1. Ganho excessivo de peso
Se o uso desse suplemento for feito por quem deseja ganhar peso e for realizado de forma errada, exagerada e sem a prática de atividade física, pode ocorrer aumento excessivo de peso já que, em sua maior parte, é constituído de carboidratos que, quando em excesso, são armazenados na forma de gordura corporal. O excesso de peso corporal pode gerar outras doenças associadas como diabetes, hipertensão, dislipidemias, doenças cardiovasculares, entre outras.

2. Toxicidade
Quando suplementos são ingeridos excessivamente, efeitos tóxicos podem surgir no organismo por excesso de nutrientes, podendo gerar vários problemas clínicos.

3. Aumento da glicose sanguínea
Um dos principais efeitos clínicos indesejados com o consumo excessivo do hipercalórico é o aumento da glicose sanguínea que eleva a secreção do hormônio insulina que, é altamente anabólico! Mas também pode causar ganho de peso.

4. Sobrecarga hepática
Outro efeito colateral é a sobrecarga hepática na tentativa do fígado de metabolizar a grande quantidade de proteínas ingeridas.  O excesso de proteínas é metabolizado e convertido e armazenado na forma de gordura! Com isso o ideal é identificar junto a um Nutricionista a quantidade ideal de proteínas por dia.

5. Sobrecarga renal
Isso pode acontecer em casos de pré-disposição a tal patologia! Com isso é muito importante validar esse alimento com um médico, caso você possua problemas renais.

6. Eliminação de cálcio
Cálcio além da necessidade pode ser ruim, com isso a alimentação precisa ser equilibrada.

7. Problemas digestivos
O consumo excessivo de hipercalóricos também pode causar outras situações indesejadas como mal-estar, enjoos, vômitos ou diarreia. Isso ocorre por causa do excesso de alguns nutrientes como as proteínas e a lactose, por exemplo, que acabam não sendo bem aceitos pelo sistema digestivo.

8. Deficiência de nutrientes
Por causa do excesso de algum nutriente do hipercalórico, por exemplo, carboidrato, podem ocorrer interações que causam a deficiência de um ou mais nutrientes. Com um ou mais nutrientes consumidos em excesso, pode ocorrer, ainda, a restrição da ingestão de outros nutrientes indispensáveis para a saúde.

Como tomar

Esse suplemento geralmente é comercializado na forma de pó que pode ser preparado com líquidos ou outras preparações como água, sucos naturais, leite, vitaminas, etc. A finalidade do seu uso vai depender da concentração dos nutrientes e, portanto, da marca.

Os suplementos hipercalóricos ajudam a reforçar o aporte calórico da alimentação e, por isso, são mais consumidos junto às refeições. Não há uma regra para o horário de consumo do hipercalórico. Seu consumo pode variar ao longo do dia dependendo dos horários que as refeições são realizadas, seguido por orientação profissional.

Porém, de uma forma geral, podem ser consumidos da seguinte forma:

1. Para o ganho de peso:
Junto às refeições com menor volume ou teor calórico como café da manhã, lanches e ceia, de acordo com a quantidade total de calorias que o hipercalórico vai acrescentar à sua alimentação habitual. O ideal é dividir as calorias que esse composto vai acrescentar igualmente nas refeições que você irá consumi-lo.

2. Para fornecimento de energia durante os treinos:
Podem ser ingeridos no momento pré-treino, cerca de 1 hora antes, pois vão garantir o aporte adequado de calorias necessárias para os treinos, principalmente os intensos, evitando o uso de proteínas como fonte de energia e prevenindo, dessa forma, a perda de massa muscular.

3. Para ganho de massa:
Também podem ser ingeridos antes dos treinos que, além de fornecerem energia, irão fornecer as proteínas para a hipertrofia muscular.

Conheça também: Suplemento Hipercalórico MRP para o ganho de massa muscular

4. Para repor nutrientes:
Após os treinos, também é recomendado ingerir esse suplemento a fim de repor os nutrientes perdidos durante os treinos, principalmente energia e proteínas.

Precauções

Antes de iniciar o uso de qualquer hipercalórico ou outro suplemento, o mais correto é passar primeiro por um médico e um nutricionista que vão avaliar suas condições de saúde e o seu estado nutricional, respectivamente, e detectar se você apresenta alguma intercorrência que pode impedir o uso desse suplemento. O nutricionista vai indicar qual o hipercalórico mais indicado para o seu caso e a melhor forma de consumi-lo, adequando-o à sua alimentação.

Nunca use suplementos por conta própria, pois essa atitude pode ser prejudicial para a sua saúde, principalmente quem possui algum tipo de problema de saúde. Não substitua, também, as refeições por nenhum suplemento, pois o seu organismo pode ficar com déficit de nutrientes.

Conheça o suplemento que você usa ou vai usar. Leita atentamente o rótulo. Após orientação médica e nutricional, o ideal é seguir todas as recomendações sobre o uso do suplemento e seguir uma alimentação balanceada para que o hipercalórico possa cumprir a sua finalidade.

Gostou veja também: O que é e para que serve Whey Protein!

1 Comentários

  1. Ótima explicação amei! Parabéns!

Deixe um comentário

Por favor, seja educado. Nós gostamos disso. Seu e-mail não será publicado e os campos obrigatórios estão marcados com "*"