5 dicas para melhorar seu treino de abdômen

5 dicas para melhorar seu treino de abdômen
Avalie este conteúdo!

O treino de abdômen é muito importante, não apenas para questões estéticas, mas também para estabilização e prevenção de lesões. Neste artigo, iremos te dar 5 dicas para melhorar seu treino de abdômen!

A tão sonhada barriga “trincada” é muitas vezes difícil de ser alcançada. Conseguir um fortalecimento correto do abdômen e principalmente, uma definição muscular adequada, é por vezes complicado. Isso por que existem muitos fatores envolvidos no treino de abdômen que podem estar diretamente ligados com a qualidade dos resultados que você irá obter.

Quando falamos em treino de abdômen, temos que saber que ali se encontram diversos músculos, alguns mais superficiais e outros mais profundos. O principal deles é o reto abdominal, com grande potencial de resistência e de força.

Além disso, temos os oblíquos, na porção lateral e mais profundamente músculos como o transverso do abdômen. Todos eles precisam ser fortalecidos para que você tenha melhores resultados. Cada um desempenha funções especificas quanto ao movimento. Por isso, um bom treino de abdômen é feito com uma correta utilização destes movimentos, com as variáveis adequadas!

Veja agora 5 dicas para melhorar seu treino de abdômen!

Como conseguir um abdômen definido? Veja estas 5 dicas para potencializar seu treino de abdômen!

1. Frequência inadequada.

Um dos problemas mais comuns no que se refere ao treino de abdômen é justamente a frequência excessiva de treinos. Não é difícil encontrarmos pessoas que treinam seu abdômen todos os dias! Ou então, que fazem series intermináveis. Tudo isso faz com que tenhamos um processo catabólico mais intenso, sem o tempo adequado de recuperação. Enfim, é um problema que tem implicações muito mais amplas do que as pessoas imaginam.

Por ser um grupamento muscular de sustentação, os músculos abdominais têm predominância de fibras vermelhas (fibras lentas e de resistência). Portanto, precisam de estímulos adequados para que possam ter um bom processo de hipertrofia. Porém, isso não significa de forma alguma, que precisamos de treinos diários.

Em muitos casos, de 2 a 3 treinos por semana, intensos e bem executados, é mais do que o suficiente. Além disso, ainda existe a sobrecarga de outros treinos sobre o abdômen. Por exemplo, o agachamento pode ter uma sobrecarga sobre o abdômen, superior a de muitos exercícios específicos.

Por isso, na montagem de um treino, temos que levar tudo isso em consideração. Mas com certeza, um dos erros mais comuns no treino de abdômen é justamente o excesso!

2. Intensidade inadequada

Complementando o item anterior, um dos erros mais comuns é a intensidade inadequada. O que isso quer dizer? Que muitas pessoas acham que estão treinando o abdômen, mas na verdade não estão nem “fazendo cócegas” nestes músculos. Isso mesmo, aquela leve “queimação” que você sente não quer dizer que seus músculos foram de fato treinados.

Adequar a intensidade do treino de abdômen é fundamental para que possamos ter bons resultados. Por isso, é fundamental usar movimentos adequados, com carga e cadência adequadas para cada caso.

Além disso, ordem dos movimentos e número de séries e repetições também são fatores fundamentais.

Veja também: 5 dicas para acelerar o resultado da musculação

3. Falta de qualidade nos movimentos

Por serem movimentos que não envolvem membros distais (pernas e braços), os exercícios de abdômen muitas vezes não tem o devido cuidado quanto a sua qualidade. Além disso, somamos o fato de que em muitos casos, estes exercícios precisam ser feitos até um ponto ideal, pois passando deste, temos atividade de outros músculos que não são o alvo.

Um exemplo é abdominal tradicional, o crunch (imagem no início do artigo). De um certo ponto da flexão de coluna em diante, este músculo passa a entrar em um ponto de descanso. Neste caso, a intensidade do movimento diminui e temos menos sobrecarga.

Além disso, quanto melhor executado o movimento, maiores serão os resultados!

4. Dieta inadequada

Mas isso faz parte do treino de abdômen? Sim, faz. Isso porque se a sua dieta não for equilibrada, você não terá resultados. Além disso, quando pensamos em definição muscular, o famoso abdômen trincado, temos que saber que isso se conquista com um baixo percentual de gordura. E para baixar este percentual, a dieta é a base.

Portanto, não são exercícios milagrosos que farão você ter melhores resultados, mas sim uma dieta e um treino adequados!

5. Não ter um bom planejamento de treino

No treinamento chamamos este planejamento de periodização. Ele nada mais é do que uma sequência de trabalho a ser seguida e que faz com que você saiba para onde está indo.

Um bom educador físico pode te ajudar na montagem de sua periodização!

Veja também: Dieta maromba: top 13 alimentos para ganhar massa

Estes são alguns dos erros mais comuns no treino de abdômen, que se você conseguir eliminá-los de sua rotina, terá resultados muito melhores!  

Deixe um comentário

Por favor, seja educado. Nós gostamos disso. Seu e-mail não será publicado e os campos obrigatórios estão marcados com "*"